Política

PS: “A nossa prioridade é o SNS e não os hospitais privados”

“A maior prioridade é a saúde, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) deu uma resposta muito boa durante a pandemia e a nossa opção é continuar a investir no SNS e não nos hospitais privados”, garante Pedro Nuno Santos, cabeça de lista por Aveiro pelo PS. “Sabemos que há muito a fazer no Hospital de Ovar e não só, também nos outros centos hospitalares e isso é um dos nossos principais compromissos”, disse o candidato durante a sua visita a Ovar.

No que toca à Linha do Norte, Pedro Nuno Santos garante que “a intervenção entre Ovar e Espinho vai ter de avançar porque está programada e se não a fizermos, perdemos esse dinheiro”. Conforme assegurou, “as obras terão de estar concluídas em Dezembro de 2023 e temos de correr para as fazer, estão previstas no Programa Ferrovia 2020 e têm de ser executadas”.

O atraso, reforçou, “não é por falta de dinheiro nem por falta de decisão política que está tomada, mas há um conjunto de dificuldades técnicas que têm atrasado o início da intervenção aqui”.

A erosão costeira também o preocupa e o tema foi abordado durante a visita a Ovar durante a campanha eleitoral. “É um problema sério e temos o azar de ter duas zonas das mais sensíveis em Ovar e Vagos”. O PS diz que estes “investimentos têm de ser feitos”, devendo avançar “no próximo ciclo de investimentos comunitários, no âmbito do PT20230, em que vamos ter um montante muito elevado para a defesa costeira e os deputados do PS vão usar de toda a sua influência para conseguir que, desse montante, uma parte se destine a essas obras e protecção no Furadouro, Cortegaça, Maceda e Esmoriz”.

“Esta é uma garantia que vamos deixar”, disse o candidato, “porque a nossa lista tem políticos com voz, capacidade e influência na política nacional e devemos aproveitar isso”. “Se estamos a investir 24 Milhões de Euros na Ria, isso deve-se à capacidade de trabalho e influência dos deputados do PS de Aveiro”.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo