Política

PS exige intervenção do Ministério da Saúde

 

“Manifestamos o nosso empenho, apoio e colaboração com a União de União das Freguesias de Ovar para esta luta pela defesa de São Vicente de Pereira Jusã e pelos seus habitantes, na essência, pela defesa do concelho de Ovar e dos cuidados de saúde públicos de todos nós”, diz o PS de Ovar, em comunicado.

“Após a tentativa frustrada de encerrarem às 20h a Unidade de Saúde Familiar João Semana, em Ovar, tentam mais uma vez, os dirigentes regionais do Agrupamento de Centros de Saúde (ACes) do Baixo Vouga, voltar a atacar os utentes e os habitantes do concelho de Ovar, desta vez na Freguesia de São Vicente Pereira Jusã”, lê-se ainda o comunicado assinado pelo presidente Luís Alves.

“Não apresentam qualquer justificação plausível para o fazer, a não ser, talvez, alguma agenda escondida, para fazer face aos erros que têm cometido na gestão da saúde na área do concelho de Ovar, tentando privilegiar populações de umas freguesias em detrimento de outras”, acusa o PS que vai exigir junto do Ministério da saúde “uma urgente intervenção política, que ponha fim a estas situações, exigindo igualmente a responsabilização dos dirigentes locais que tão mal têm gerido estes processos”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta