Política

PS preocupado com baixa produtividade do Hospital

O Partido Socialista, pela voz do líder do grupo municipal, Carlos Pinto Ribeiro, analisou os dados relativos à produtividade do Hospital de Ovar, na última Assembleia Municipal.

No critério que serve de base à definição do seu financiamento, o deputado socialista nota “a diminuição significativa, inquestionável e objectiva dos números da produtividade em áreas vitais e de grande interacção com a sociedade, facto que coloca o nosso Hospital num limbo muito incerto e muito perigoso”.

De acordo com os números que apresentou, entre 2012 e 2014, o número de consultas anualmente realizadas no Hospital de Ovar baixou de 30.462 para 30.033 (menos 429 consultas) e, na área da Cirurgia Geral, o número de consultas realizadas diminuiu de 4.085 para 2.839 (menos 1246 consultas), tendo o número de cirurgias realizadas reduzido de 1.890 para 1.372 (menos 518 operações).

O PS de Ovar alerta que se “estão a criar as condições ideais para que a Tutela tome uma atitude drástica sobre o Hospital de Ovar, tamanha e tão presente é a preocupação do Senhor Ministro com o desperdício e com o uso dado aos dinheiros públicos”. Pinto Ribeiro alerta: “Nunca o Hospital produziu tão pouco, ainda mais num contexto amplamente anunciado de maximização de recursos e de esplendorosa administração”.

E acrescenta: “Por este andar e mantendo a performance, dentro de dois anos o nosso Hospital opera menos de três doentes por dia útil, o que para 12 horas diárias de Bloco Operatório é acintosa e preocupantemente pouco”, podendo levar “à sua desactivação no modelo actual”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo