Política

PS presta homenagem a José Macedo Fragateiro

Na manhã dos 44 anos do 25 de abril, o PS e a JS de Ovar iniciaram o dia com uma homenagem a um dos seus “pais fundadores e um dos bastiões da liberdade em que vivemos: José Macedo Fragateiro, que este ano cumpriria o seu centenário”.

Na presença do seu filho, José Fragateiro – também ele um histórico socialista -, e munidos de cravos vermelhos, o PS vareiro exaltou a memória de José Macedo Fragateiro e do abril que norteou a sua vida, “numa singela homenagem simbólica da nossa eterna gratidão”, explicou Sérgio Pinho, líder da concelhia socialista.

Para o presidente da condelhia, “25 de abril é dia de celebrar, não apenas a liberdade mas também a memória e a eterna gratidão a todos aqueles que dedicaram a sua vida a transformar em realidade aquilo com que muito apenas se atreviam a sonhar: um país democrático e o direito de viver em liberdade”.

Na sessão solene da assemboleia Municipal, Frederico Lemos recordou que é aos mais novos – “especialmente àqueles que, como eu, tivemos o privilégio de ter crescido sempre em liberdade – que cabe continuar a fazer dos valores de Abril o guião da nossa conduta em sociedade”.

Neste âmbito, “não podemos deixar de exigir aos partidos e aos representantes eleitos pela população um escrupuloso trabalho de defesa dos interesses da comunidade, sempre guiado por práticas de transparência, honestidade e rigor na gestão da coisa pública”.

Daí que tenha defendido para Ovar “um presidente de Câmara que vá frequentemente a Lisboa: não para participar em reuniões partidárias mas sim para ir exigir junto do Governo e da Administração Central as intervenções necessárias à melhoria das condições de vida dos ovarenses”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo