Política

PS questiona Ministro da Economia sobre nomeações

 

O Partido Socialista questionou o Governo sobre a nomeação de novos administradores portuários recentemente conhecida. Na pergunta dirigida ao Ministro da Economia, da qual um dos subscritores é António Cardoso, Deputado eleito pelo círculo eleitoral de Aveiro, o PS levanta diversas questões que interessa ser esclarecidas pelo Governo.

Num contexto em que foram nomeados nos últimos dias um conjunto de novos administradores portuários, o país assiste a novas nomeações por parte de um Governo que se encontra a 6 meses de eleições, e que efetuou nomeações de novos Administradores, aumentando os Conselhos de Administração de diversos Portos.

Afirmam os deputados que estas nomeações são efectuadas sem justificação aparente, e revelam uma vontade política de integrar nos Conselhos de Administração um conjunto de pessoas próximas dos partidos da maioria.

Aliás, refere o Partido Socialista, esta nomeação de novos administradores para os portos nacionais resulta no facto de, a partir de agora, as administrações passam a ter quatro administradores, número superior ao que existia quando este Governo iniciou o seu mandato.

Assim, o Governo nomeou o novo Conselho de Administração dos portos de Aveiro e da Figueira da Foz e, ao mesmo tempo, reforçou outras Administrações.

Para os deputados do PS, estas nomeações tornam-se ainda mais surpreendentes no caso dos portos de Aveiro e da Figueira da Foz uma vez que a administração cessante, que havia terminado o seu mandato no final de 2010, foi mantida em funções face aos bons resultados que foram sendo alcançados.

Mais uma vez o Governo tem uma prática contrária ao seu discurso, que incidia na redução do número de dirigentes e das poupanças daí decorrentes. Chegou mesmo a ser equacionada a criação de uma holding, que reduziria a cinco os administradores de todos os portos.

Os deputados do Partido Socialista consideram que esta decisão do Governo traduz, mais uma vez, uma forma de agir diferente da que o Governo tantas vezes apregoa.

Os deputados entendem ser necessário obter esclarecimentos do Ministro da Economia sobre se o Governo confirma a nomeação de 9 novos administradores para os Conselhos de Administração dos portos do país; qual o motivo para estas novas nomeações; e qual a razão para o aumento do número de administradores dos Conselhos de Administração, passando de 3 para 4 elementos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta