Política

PSD acusa União das Freguesias de recusar reunião

Após reunir com o Atlético Arada Clube para se inteirar dos factos ocorridos relativos à utilização do Pavilhão Gimnodesportivo de Arada, o PSD de Ovar fez um pedido de agendamento de reunião com o executivo da UFO para ouvir “os argumentos aduzidos por esta autarquia na recusa da legitima pretensão daquele clube e que seria replicável para outras instituições e associações”.

Tal pedido, alegam os social-democratas, “foi recusado por aquele executivo com o fundamento que ‘a União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã está apenas disponível para dialogar com os dirigentes do Arada atlético Clube, com vista ao cabal esclarecimento da situação em apreço…”.

O PSD garante que “não é intermediário de uma instituição mas o veiculo encontrado por Várias instituições da UFO para reportar as preocupações com a deriva orçamentalista e pseudo legalista que o seu Executivo tende a seguir neste mandato”.

Enquanto instituição responsável que acompanha, fiscaliza e crítica as orientações políticas daquele executivo, o PSD diz ter “todo o direito de apresentar propostas – como o fez para as GOP’s e Orçamento de 2016 – reportar situações e propor as soluções que considerem mais adequadas, dentro do quadro legal e regulamentar existente, e que promovam as nossas instituições culturais, recreativas e desportivas que convém acarinhar e potenciar”.

“Se o Executivo da União respeitasse o Estatuto da Oposição poderia ter recebido, da parte do PSD Ovar, uma proposta de solução, dentro do atual quadro legal e regulamentar, que seria útil para todos em prol do desenvolvimento cultural, desportivo e económico deste amplo território que é a União de Freguesias”, conclui, em comunicado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta