Política

PSD considera “prematuro alarmismo” em torno da USL

Na sequência da eventual integração do Hospital de Ovar e da Rede de Cuidados Primários de Ovar numa eventual Unidade Local de Saúde (USL) a ser criada pelo Governo, o PSD Ovar considera “prematuro e despropositado qualquer alarmismo antes de serem conhecidas, em concreto, as possibilidades que possam vir a ser apresentadas pelo Ministério da Saúde”.
Para poder tomar uma “posição fundamentada, séria e não entrando em populismos fáceis”, o PSD Ovar aguarda com “serenidade e seriedade o trabalho do Ministério da Saúde, o qual ainda deverá ser apresentado aos órgãos competentes e tornado público”.
A este propósito, o presidente da estrutura, Domingos Silva ressalva que “este Governo já por diversas vezes ficou aquém das expectativas criadas ao Poder Local e, noutras vezes, actuou prejudicando o Poder Local e as respetivas populações”.
Embora “ciente da exigente negociação que tem de ser efetuada:, o PSD Ovar mantém “total confiança nos órgãos autárquicos – tanto na Câmara Municipal como na Assembleia Municipal – para liderar este dossier, na defesa acérrima dos interesses das populações”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo