Política

PSD critica condução da assembleia de freguesia da UFO

O PSD acusa o presidente da Assembleia de Freguesia (AF) da União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã (UFO) de ter impedido a discussão dos documentos de prestação de contas da autarquia.

O grupo parlamentar do PSD, em nota no Facebook, conta que, na última reunião do órgão, apresentou “um requerimento a questionar a existência de determinados documentos relativos à apresentação das contas”, tendo sido surpreendido por “um pedido de suspensão dos trabalhos de 5 minutos, pelo PS e, acto contínuo, pela colocação dos documentos de prestação de contas à votação sem direito a qualquer apreciação ou discussão”.

Instando a comentar, o presidente da AF, José Fragateiro, estranha a tomada de posição dos social-democratas, “tanto mais que as reunião da AF sempre se pautaram por um amplo debate democrático, nunca olhando ao tempo utilizado por cada grupo parlamentar”.

José Fragateiro garante que o colocou à discussão, com várias intervenções, nomeadamente do grupo do PSD, que “apresentou um requerimento à mesa” que, sublinha, “foi aceite mas podia não ter sido”. O documento foi lido e após os tais 5 minutos, o presidente diz que o “lançou de novo à discussão e a seguir à aprovação, tendo sido rejeitado com 10 votos contra, 2 abstenções e 7 a favor”.

O PSD, por seu lado, promete accionar todos os mecanismos legais ao seu dispor para “repor a verdade democrática no seio da Assembleia”.

Os documentos de prestação de contas seriam aprovados com 10 votos a favor, 7 abstenções e dois contra.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta