ComunicadosPolítica

PSD: Distrital de Aveiro apoia Luis Montenegro

A Comissão Política Distrital do PSD Aveiro aprovou, por unanimidade, o seu apoio à candidatura de Luís Montenegro à liderança do partido nas eleições diretas agendadas para o próximo dia 28 de maio

O antigo líder parlamentar do PSD – que chegou a encabeçar a lista do partido pelo círculo eleitoral de Aveiro – volta a concorrer à presidência, merecendo o apoio da estrutura partidária do seu distrito.

“O percurso de Luís Montenegro, ao serviço do partido e do País, faz dele a personalidade indicada para liderar o PSD e ser candidato a Primeiro-Ministro. A distrital do PSD Aveiro está a seu lado para contribuir com a sua força e a sua forte militância para o levar à liderança do PSD. O partido e Portugal necessitam de alguém com o perfil político de Luís Montenegro” – afirmou Emídio Sousa, presidente da Distrital de Aveiro.

Emídio Sousa reconhece que Luís Montenegro “já deu provas de estar à altura da liderança do PSD, não apenas pelo seu percurso enquanto deputado, mas também pela forma responsável como deixou a atividade partidária, sempre com respeito por quem veio a liderar o partido”.

O líder da distrital social democrata de Aveiro destaca a intervenção de Luís Montenegro como deputado e o seu contributo decisivo para que, numa época de crise, “o país saísse da bancarrota a que os socialistas nos conduziram e, mesmo com a necessidade de executar políticas duras, conduziu o partido à vitória nas eleições legislativas seguintes”.

“Luís Montenegro vai oferecer-nos a liderança que se impõe no combate aos desvios do governo socialista. Portugal precisa de uma oposição firme e atenta e de quem esteja em condições de governar a qualquer momento, atenta a possibilidade de a legislatura não chegar ao fim” – vinca Emídio Sousa, convencido de que “uma oposição forte levar-nos-á a ser melhor governo, já a seguir às próximas eleições legislativas”.

O líder da distrital de Aveiro vê em Luís Montenegro alguém capaz de “unir o partido”, juntando a isso “a capacidade de fazer acreditar nos portugueses que há um caminho melhor para as famílias e para as empresas”.

Luís Filipe Montenegro Cardoso de Morais Esteves, de 49 anos, tem um longo percurso ao serviço do PSD, tendo iniciado a sua carreira política como presidente da concelhia de Espinho da JSD. Foi vereador da Câmara Municipal espinhense, à liderança da qual concorreu em 2001 e 2005, tendo assumido lugar na Assembleia da República de 2002 a 2018, sempre eleito pelo círculo de Aveiro, e chegado à presidência do grupo parlamentar social democrata em 2011, cargo que desempenhou até 2017.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo