Política

PSD estranha ausência de autarca em grupo de trabalho

O PSD de Ovar vê com preocupação o facto do Presidente da Câmara Municipal de Ovar não fazer parte do grupo de trabalho para análise técnico-financeira da eventual inclusão de Ovar numa “Mega Unidade Local de Saúde” com o Entre Douro e Vouga. Ainda assim não se opõe ao estudo para a avaliação de uma nova Unidade e aguarda pelas conclusões do estudo. “Não obstante todo o esforço que tem sido efectuado pela nossa Câmara Municipal, que se substitui, constantemente, à administração central do Estado nesta matéria, e que não haja qualquer desenvolvimento no incremento de médicos, enfermeiros e administrativos no Pólo de Maceda da USF Laços”, realça.

No entanto, a estrutura Social Democrata diz que só poderá apoiar este novo modelo de gestão se o Hospital de Ovar tiver garantida autonomia de gestão; Serviço de Urgência Básica; viatura médica de emergência e reanimação (VMER); investimento no Bloco Operatório; manutenção dos postos de trabalho atuais (de forma não precária); Mais valências médicas e que as receitas arrecadadas com os mais de 55 mil habitantes do Município sejam realmente aplicadas no território.

Sendo a saúde “uma prioridade de tal forma importante para a Câmara Municipal”, O PSD Ovar está, “como sempre esteve, disponível para, em qualquer assunto que seja vital para as nossas gentes, estabelecer protocolos e pactos que nos unam sob bandeiras comuns”, conclui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo