Política

PSD faz balanço de um ano de maioria

Aproveitando a passagem do primeiro aniversário sobre a realização das últimas eleições autárquicas, o PSD de Ovar faz o balanço de um ano de maioria.

Leia o comunicado na íntegra:
«No dia 29.09.2013, as eleições autárquicas marcaram uma mudança de paradigma na gestão autárquica do nosso município.

O PSD elegeu um Presidente e 3 Vereadores para a Câmara Municipal, um Presidente e 8 deputados na Assembleia Municipal, 3 Presidentes de Junta e respectivo executivo, 3 Presidentes e dezenas de membros de Assembleia de Freguesia.

Uma Nova Energia que, passados 12 meses, revolucionou, de forma silenciosa, mas intensa e poderosa, a maneira de estar, ser e sentir o nosso município por parte dos nossos eleitos locais. É isso hoje o que os munícipes dizem e sentem. Um ano que passou muito rápido e vivido de forma intensa.

Porque um grama de acção, vale uma tonelada de teoria, os nossos eleitos locais iniciaram uma caminhada – sempre abertos a contributos de todas as áreas, políticas e sociais – longa e fecunda, porque recheada de necessidades a colmatar e carências a satisfazer.

Com objectivos bem formulados, os nossos eleitos locais jamais serão embrulhados pelo dia-a-dia e assumem o verdadeiro papel de co-criadores do futuro, tomando nas suas mãos o poder de escolha e de transformar sonhos em metas em prol do bem-estar da comunidade.

Sem se dar ao luxo de não viver no presente, o executivo da Câmara Municipal de Ovar, liderado pelo seu Presidente Salvador Malheiro, deu particular incidência às áreas do ambiente, à educação, social, financeira, sem esquecer nunca a proximidade com as populações, elo vital e essencial em qualquer desempenho político, porque reflexo de um sentido de dever e de missão.

Na Defesa da Costa em que o executivo batalhou para o desbloqueio de investimento a nível regional, nacional e europeu, tendo este trabalho sido acompanhado por um esforço de sensibilização, junto dos responsáveis nacionais, para a necessidade de implementação de uma política de discriminação positiva das populações residentes em zonas costeiras.

Na Educação, com a oferta dos manuais escolares a todos os alunos do 1.º Ciclo, introdução da natação no pré-escolar e um diversificado leque de dezenas de projectos propostos à comunidade escolar no ano zero de implementação do Plano de Actividades Educativas Municipal.

Na Área Social, com a aprovação do Regulamento de Apoio Social do Município de Ovar [RASMO] que congrega uma série de medidas que estavam dispersas e que agora ficam reunidas, com todas as vantagens dai resultantes, num único documento e que contempla, entre outras, o Fundo de Emergência Social, o Apoio às despesas de saúde – com a comparticipação até 50% do valor de vacinas excluídas do Plano Nacional de Vacinação – ou às Famílias numerosas.

Na Cultura, com uma programação cultural inovadora e concorrencial com as grandes capitais de distrito – FESTA e Animação nas Praias – que fidelizou e marcou a agenda de eventos nacional.

Nas Finanças, a nossa camara municipal apresenta melhorias nos principais indicadores económico-financeiros, comparativamente ao primeiro semestre de 2013, designadamente, aumento do grau de autonomia financeira, com diminuição do coeficiente de dependência, diminuição das dívidas de médio e longo prazo e aumento dos rácios da liquidez geral;

Na Proximidade com as populações, realizaram-se Acordos de Execução com as Juntas de Freguesia – face a 2013 houve um aumento de 34% do apoio global a transferir para as Juntas de Freguesia perfazendo o montante global de 1,3 Milhões de euros por ano – o Orçamento Participativo, o atendimento ao público, a visita às empresas, a presença nos eventos, o apoio aos nossos artistas e atletas.

Foram estes alguns dos projectos-âncora que o actual executivo camarário lançou e que contribuem para a excelência que desejamos para o nosso Município e que serão, com certeza, decisivos para o futuro do nosso território.

O sentido e o rumo do futuro estão inscritos no que é feito agora. No presente!

Tal como o poeta Ramos Rosa disse um dia que “ não podemos adiar o amor para outro século ”, também o PSD não pode adiar o nosso Município para outro século.

A Comissão Politica, em reunião de 24 de setembro de 2014, aprovou um voto de louvor, por unanimidade e aclamação, a todos os eleitos locais do PSD, liderados pelo Presidente da Câmara Municipal de Ovar Salvador Malheiro, com a convicção que estes darão tudo o que tiverem, e não tiverem, para o futuro de progresso e de bem-estar que desejamos para os nossos munícipes».

Artigos relacionados

Deixe uma resposta