Política

PSD inicia debate para reverter agregação de freguesias

A Comissão Política Concelhia do PSD anunciou, esta quinta-feira, que pretende abir um processo de debate com o objectivo de reverter a agregação da união das freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã. Em conferência de imprensa convocada para o efeito, na sede da estrutura, Pedro Coelho, presidente do PSD ovarense, adiantou que o partido vai “exigir, em nome do interesse colectivo e suprapartidário do município, o desencadeamento das medidas legislativas necessárias para a reposição da autonomia das freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã”.

Assim, adiantou que serão encetadas diligências, junto das estruturas distritais e nacionais do PSD e de todas as forças políticas do concelho de Ovar, “no sentido de recolher o maior consenso possível nesta matéria”.

Para Pedro Coelho, a agregação das quatro freguesias do concelho de Ovar (que “se fossem concelho seriam um dos maiores do distrito de Aveiro”, realçou), “num único executivo e contra a vontade das populações, não veio traduzir ganhos de eficiência, de escala e de melhoria na prestação de serviços públicos, conforme assumido por todas as forças políticas locais”.

A este propósito, Joaquim Barbosa, eleito pelo PSD na assembleia de freguesia da união, acrescentaria que as freguesias têm uma lógica de proximidade, pelo que a agregação feira em Ovar inviabiliza estar perto das populações e dos seus anmseios”, defendeu.

Agora, com uma nova conjuntura política, com um governo que assenta o seu
funcionamento numa maioria parlamentar cujos partidos têm demonstrado a sua
oposição à agregação das freguesias, o dirigente social-democrata não tem dúvidas de este “será favorável à reversão à reversão imediata deste processo”.

Por outro lado, recorda que em Ovar já teve lugar um amplo debate sobre a matéria do qual resultou, “de forma clara e expressa, que as populações rejeitam, dada a sua extensão, diversidade e dificuldade de gestão, esta agregação”.

Manuel Reis, do grupo parlamentar social-democrata na Assembleia Municipal, declarou que vai iniciar um debate nesse sentido na Assembleia Municipal, acrescentando que os eleitos nas Junta e Assembleia de Freguesias da União deverão solicitar a “intervenção dos grupos parlamentares da Assembleia da República e do Governo no sentido de serem desencadeadas as medidas legislativas necessárias para a reposição da autonomia das quatro freguesias”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo