ComunicadosPolítica

PSD Ovar debateu a saúde no concelho e no país com Ricardo Baptista Leite

PSD Ovar promoveu um evento aberto a toda a comunidade no qual refletiu sobre o estado da saúde no concelho e no país, tendo como convidado o conceituado médico e ex-Deputado, Ricardo Baptista Leite.

Domingos Silva, presidente do PSD Ovar, recordou que o PSD “está sempre ao serviço da comunidade” e garantiu que o partido está “focado na defesa da saúde das pessoas”.

Fazendo um retrato do estado da saúde no concelho, Salvador Malheiro, Presidente da Câmara Municipal de Ovar, começou por recordar que “a Câmara Municipal fez diversos investimentos que deveriam ter sido feitos pelo Ministério da Saúde”, dando como exemplo os Polos de Saúde de Maceda, Arada, Furadouro e S. Vicente Pereira.

Mas, explicou o edil, “a competência da Saúde é do Governo”. Salvador Malheiro garantiu ainda que “é o Governo que quer impor um novo modelo de gestão da saúde no nosso território, não é a Câmara Municipal.” O autarca salientou ainda que, na nova organização da saúde que vier a surgir, “a referenciação dos utentes de Ovar tem de ser feita para norte”.

Já Ricardo Baptista Leite, numa intervenção dedicada ao panorama nacional, traçou um retrato negro e acusou o Governo socialista de “levar o país para o abismo” e de ter um “SNS que não dá resposta às necessidades das pessoas”. Apontando vários dos problemas no funcionamento do SNS, o ex-Deputado defendeu uma maior aposta na “promoção da saúde e na prevenção da doença”, em vez do atual modelo assente na reação à doença, o qual considerou ser “insustentável”.

A reflexão do PSD, moderada por Fernando Marques (coordenador do Conselho Estratégico Local do PSD Ovar para a área da Saúde), contou ainda com a intervenção da médica e Vereadora Júlia Oliveira, que realçou as vantagens da criação de um Sistema Local de Saúde, recordando o projeto «In Ovar Saúde», que o PSD defende há vários anos e que a Câmara apresentou à tutela em 2018.

Em interação com o público presente, foram ainda analisadas soluções para diminuir o tempo de espera nas consultas e promover o acesso dos portugueses a médico de família, foi debatido o papel da inteligência artificial na Saúde, assim como acentuada a importância da Saúde Mental dos utentes e dos profissionais de saúde.

A sessão, sob o mote “O Estado da Saúde: do nacional ao local”, decorreu a 17 de maio, no Auditório do Orfeão de Ovar, e deu início ao Ciclo de Conferências «Pensar, Debater, Agir», organizado pelo PSD Ovar no âmbito do seu Conselho Estratégico Local.

 

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo