ComunicadosPolítica

PSD rejeita proposta do PCP de oferta de um exemplar da Constituição a cada estudante

PCP propôs, na última Assembleia Municipal de 22/Abril e no ano em que se cumprem 45 anos da Constituição da República Portuguesa, a distribuição de um exemplar gratuito entre os jovens estudantes do 3º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário do Município.
Miguel Jeri, deputado municipal do PCP, destacou na sua intervenção a importância do conteúdo da Constituição, do vastíssimo conjunto de direitos e deveres que consagra, sendo o seu conhecimento pelos jovens pedra basilar para uma cidadania mais informada, plena e participativa. Destacou ainda que é na Constituição que está definida a estrutura do Estado, dos seus órgãos de soberania e de outros órgãos de poder político, incluindo o Poder Local Democrático, e que este conhecimento e familiaridade é garantia de maior consciência social e política das novas gerações, combatendo a alienação e resignação e fomentando a sua participação política.
Foi neste sentido, e tendo em conta o volume e extensão deste documento, que requer um estudo pausado e contínuo, que o PCP apresentou uma Proposta de Recomendação pela distribuição de um exemplar em papel a cada jovem estudante do Município de Ovar. Surpreendentemente, e apesar da proposta ter sido acolhida por todos os outros partidos, o Grupo Municipal do PSD em Ovar votou em bloco contra a proposta… alegando (numa intervenção lida em papel) que o texto constitucional só seria atrativo em formato digital, e que já estaria na internet. No encerramento do debate, o PCP não deixou de criticar tanto o cinismo como a pobreza argumentativa do PSD que não conseguiu encontrar melhor argumento que o da internet para bloquear uma iniciativa de promoção da Constituição, fingindo ignorar as vantagens distintas dos meios digitais e dos meios tradicionais. Uma iniciativa cujos impactos e simbolismo decorriam, neste caso, precisamente da sua oferta em formato físico e que se revelaria extremamente positiva na sensibilização das novas gerações para a sua participação democrática.
Ovar, 27 de Abril de 2021
A Comissão Concelhia de Ovar do PCP 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta