LocalSlider

PSP detém indivíduo que se dedicava à caça de pintassilgos

A PSP deteve um homem, de 51 anos, por suspeita da prática da prática do crime de caça de espécies protegidas.

Em patrulhamento numa rua da cidade de Espinho, a polícia apercebeu-se da conduta suspeita de um indivíduo, verificando que se encontrava a caçar espécies protegidas, designadamente, Pintassilgos. Para o efeito, o suspeito utilizava uma armadilha em rede, uma ave (Pintassilgo), uma coluna de som e alimento, como de forma de atrair as referidas espécies, tendo logrado capturar de dois Pintassilgos.

O homem foi detido, procedendo-se, igualmente, à apreensão de todo o material utilizado para a captura das espécies protegidas, bem como de três Pintassilgos.

Na mesma data e local, procedeu, ainda, à identificação de outro homem de 44 anos, que transportava, numa mala, uma armadilha e quatro aves (três Pintassilgos e um Travesso Serzino), com o intuito de os utilizar na caça de espécies protegidas. Desta forma, foi o cidadão constituído arguido e sujeito a Termo de Identidade e Residência, procedendo-se também à apreensão de todos os itens transportados.

No mesmo local, foram, ainda, localizados uma armadilha e dois Pintassilgos, sem qualquer cidadão junto aos mesmos.

Desta forma, a fim de salvaguardar a vida das nove aves apreendidas, foi contactado o Parque Biológico de Gaia – Instituto da Conservação da Natureza e Floresta, em Avintes, tendo as referidas espécies protegidas sido devidamente acondicionadas e encaminhadas para aquele organismo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta