LocalPrimeira Vista

Alemão procura pai que trabalhou no F. Ramada

Günther Vogt é um alemão de vetusta idade, residente na cidade de Uhler, que fica relativamente perto de Estugarda, que nos contactou com um propósito.

Recentemente, encetou uma busca pelo seu pai, Maximilian Brachmaier. “Fiquei a saber que residiu com a família, em Ovar, entre 1948 e 1950”.

Descobriu também que “Max” foi contratado como especialista em aço pelo F. Ramada, “recomendado à empresa ovarense por amigos da Suécia, da empresa Uddeholm”.

Faz sentido o que Gunther nos solicita, pois foi por essa altura que a empresa vareira iniciou a sua internacionalização ao desenvolver a área de negócio de comercialização de aços especiais provenientes da Suécia, resultando posteriormente numa parceria com a Uddeholm e na sua representação exclusiva em Portugal.

Max Brachmaier tinha nacionalidade austríaca e é por aqui que termina o conhecimento de Günther Vogt sobre o seu pai.

Será que temos desse lado um leitor que tenha trabalhado ou frequentado a empresa fundada por Francisco Ramada e se lembre deste alemão/austríaco em Ovar?

 

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo