LocalPrimeira Vista

Redes ilegais de pesca na praia da Barrinha de Esmoriz

A Polícia Marítima desencadeou uma acção de fiscalização na orla costeira dirigida à actividade da pesca com redes de tresmalho (majoeiras) na praia da Barrinha de Esmoriz que resultou na apreensão de cinco redes.

Segundo informação da Autoridade Marítima Nacional (AMN), agentes da Comando-local da Polícia Marítima do Douro verificaram que as redes encontravam-se “em situação irregular, por falta de licença, sinalização e por possuírem características ilegais.”

Cada pescador só pode operar com um total de quatro ou oito redes, consoante especificado na licença de pesca, com as quais poderá armar, respetivamente, um máximo de duas ou quatro caçadas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo