CulturaSlider

Ressintonia de emissores pode afectar televisores do concelho

O processo de migração da rede TDT, que abrange a área dos concelhos da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro terá início no dia 10 de setembro com a ressintonia do emissor de Águeda.

Decorrerá durante cerca de três semanas, havendo, contudo, um interregno de duas semanas entre 11 e 25 de setembro, concluindo-se o processo com a ressintonia do emissor instalado em Lourosa, no concelho de Santa Maria da Feira, no dia 29 de setembro. Note-se que este emissor, embora instalado num local fora dos concelhos que compõem a CIM RA, dá acesso ao serviço TDT a parte da população dos concelhos de Ovar e Murtosa.

Os trabalhos de ressintonia dos emissores têm início de manhã, entre as 9 e as 10 h da manhã, sendo que, enquanto decorrem os trabalhos de ressintonia (que demoram entre 4 a 6 horas), será colocado em funcionamento um emissor portátil, na frequência actual de funcionamento do emissor a ressintonizar, por forma a que a população continue a ter acesso ao serviço.

Quando os trabalhos de ressintonia do emissor terminarem, este emissor é ligado na nova frequência, e o emissor portátil é desligado.

Será neste momento que, para a população ter acesso ao serviço, terá de efectuar uma nova sintonia do televisor ou descodificador na nova frequência em que o emissor está a emitir.

Note-se que haverá um período de interrupção do serviço, muito curto (inferior a um minuto), quando se desligar o emissor a ressintonizar e colocar em funcionamento o emissor portátil. Contudo, como o emissor portátil irá emitir na frequência actual, a imagem voltará a aparecer na televisão sem que seja necessário efectuar qualquer operação.

Após os trabalhos de ressintonia e quando se desligar o emissor portátil, aí sim, terá que se proceder à sintonia dos receptores, pois as emissões de televisão passaram a efectuar-se numa nova frequência e é essa frequência que terá de ser sintonizada nos receptores.

Chama-se a atenção, contudo, que a população que possui as suas antenas de recepção orientadas para o emissor do Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia, que emite no canal 42, nomeadamente a residente nas zonas costeiras de Ovar e Murtosa, não será afectada por este processo, pois este emissor não irá alterar a sua frequência de emissão.

Para ajudar a população neste processo, a ANACOM criou uma linha telefónica de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre 9h e as 22h, para dar informação e ajudar a fazer a sintonia dos televisores à distância. Caso não consiga fazer a sintonia com o auxílio dos operadores da linha telefónica, nem com o auxílio de técnicos da ANACOM que formarão, por assim dizer, uma segunda linha de apoio mais técnico, então está prevista a possibilidade de as equipas no terreno da ANACOM, se deslocarem à residência das pessoas, que precisam de um apoio mais directo, para procederem à ressintonia dos receptores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta