CulturaPrimeira Vista

Rosa Rodrigues ganha duas medalhas em Santarém

Rosa Rodrigues, de Válega, venceu uma Medalha de Ouro no 10.º Concurso Nacional de Bolos Especiais de Natal Tradicionais Portugueses, com o seu Pão de Ló de Ovar.

A mesma fabricante recolheu, no mesmo certame organizado pelo CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém, recentemente, uma segunda Medalha de bronze com a sua Rodinha d’Ovar, doce original de autoria própria.

O certame, ao colocar em destaque os produtos portugueses, pretende afirmar, impulsionar e dar real importância ao sector dos “tradicionais”, com o objectivo principal de premiar, promover, valorizar e divulgar os genuínos doces ricos tradicionais portugueses.

A doceira valeguense afirma que esta distinção também vai contribuir para uma maior divulgação da iguaria ovarense mas também da riqueza do património gastronómico do concelho.

Rosa Isabel Rodrigues tem uma paixão pelos doces que já vem de longe. “Sempre gostei de cozinhar mas especialmente fazer doces”. Trabalhou durante alguns anos numa padaria e, em 1996, em Ovar, “realizei uma acção de formação para pasteleiros, mas nunca pensou na possibilidade de vir a fazer e vender doçaria.

Em 2016, “ao chamar a minha amiga e parceira Fátima Sousa para vir provar uns bolos que tinha feito ela alertou-me da existência de um concurso “Doce Concelho de Ovar” em que seria eleito o novo doce tradicional de Ovar”. Inscreveu-se e “para minha surpresa o nosso doce foi um dos classificados como vencedor”.

Entretanto, “certifiquei-me como produtora de Pão-de-ló de Ovar e hoje em dia fabrico vários doces e vendo em feiras, festas e essencialmente por encomenda”.

“Esta paixão não vou deixar mais fugir de mim”, resume, convicta.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo