Guerra da Ucrânia

RTP1, RTP Internacional e RTP Play transmitem concertos solidários pela Ucrânia

Nos dias 11 e 15 de março, a RTP junta-se a duas ações de solidariedade cujas receitas revertem na sua totalidade para ajudar a Ucrânia neste momento tão difícil.

“Diante da crise humanitária criada pela invasão da Ucrânia, a comoção e a indignação fazem crescer a solidariedade um pouco por todo o mundo e Portugal, os artistas nacionais e a RTP nunca ficam indiferentes a questões sensíveis como esta. Pelo que, desde a primeira hora se gerou um movimento que une artistas de renome e várias bandas nacionais numa só voz em dois momentos solidários que poderão ser acompanhados em direto por todos os portugueses.”, pode ler-se num comunicado enviado para a nossa redacção.

Amanhã, o Teatro São Luiz e a Associação Pão a Pão, com o apoio da CML e EGEAC, organizam o concerto “Lisboa Solidária – Concerto pela Ucrânia” com transmissão em direto a partir das 21h40 na RTP1, RTP Internacional e RTP Play e em diferido na Antena 1, a partir das 23h00. Pelo palco do Teatro São Luiz vão passar Agir, Camané, Carminho, Jorge Palma, Maria João, Mário Laginha, Miguel Araújo, a Orquestra Metropolitana de Lisboa – Quarteto de Cordas, Clã e Salvador Sobral.

No dia 15 de março, o SuperBock Arena no Porto recebe o concerto “Uma Voz pela Paz”, uma iniciativa de Selma Uamusse e André Tentúgal, com a organização da Ao Sul do Mundo, que poderá acompanhar em direto, a partir das 21h30, na RTP1, RTP Internacional e RTP Play. 

Ana Bacalhau, Benjamim, Best Youth, Capicua, Carolina Deslandes, Cuca Roseta, David Fonseca, Denys Stetsenko, Diogo Piçarra, Fernando Daniel, Gisela João, Gospel Collective, Mafalda Veiga, Márcia, Maria João, Mariza Liz, Matay, Miguel Araújo, Miramar, Moullinex, Noiserv, Paulo de Carvalho, Pedro Abrunhosa, Rita Redshoes, Samuel Úria, Sara Correia, Selma Uamusse, Teresa Salgueiro, The Legendary Tigerman, Tó Trips, Tiago Bettencourt e We Trust são os muitos artistas que vão subir ao palco do SuperBock Arena na próxima terça-feira.

As receitas do concerto em Lisboa revertem na sua totalidade para a compra de bens essenciais para os refugiados da Ucrânia que cheguem a Portugal, enquanto as receitas do concerto no Porto serão entregues para três organizações de ajuda humanitária: Cruz Vermelha Ucraniana, organização não governamental (ONG) Voices of Children e UBTS – Emergency.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo