Publicidade
Life&Tek

S. João da Madeira: 20 grandes marcas partilham know-how para acesso a cadeias de valor internacionais

Super Bock, Prio, Teka, Indra e ERT são algumas das marcas que a 31 de maio se reúnem em São João da Madeira para partilhar conhecimento sobre a forma como as pequenas e médias empresas (PME) podem aceder a grandes cadeias de valor internacionais por via da transformação digital. O evento marca o final do projeto Transtech, que, promovido pela PortusPark e TecParques, envolveu mais de 700 empresas e profissionais em diversas ações destinadas a aumentar a sua competitividade.

Cadeias de valor internacionais e respetivas oportunidades de negócio são o tema da sessão InovMeets que, no próximo dia 31 de maio, marcará o encerramento do projeto Transtech, promovido ao longo dos últimos dois anos pela PortusPark – Parques de Ciência & Tecnologia e Incubadoras da Região Norte e pela TecParques – Associação Portuguesa de Parques de Ciência e Tecnologia. O encontro terá lugar na Torre da Oliva, em S. João da Madeira, e, no mesmo espírito global de capacitação técnica visado pelo Transtech, pretende agora disseminar pelas pequenas e médias empresas (PME) e seus profissionais a experiência que grandes marcas acumularam nos seus processos de internacionalização e cooperação à escala mundial.

Hugo Coelho, presidente da TecParques, afirma que o encontro do dia 31 contará com “oradores de algumas das organizações-chave dentro de cada um dos cinco setores ou fileiras económicas em que o Transtech esteve focado”, nomeadamente cerca de 20 marcas nos domínios das Tecnologias de Informação e Comunicação, das Indústrias e Tecnologias de Produção, da Indústria Automóvel e Aeronáutica, do Agroalimentar e ainda da Energia e Descarbonização. A escolha desses setores específicos deve-se à sua “importância e representatividade na economia portuguesa” e à sua potencialidade a nível internacional.
“Propusemo-nos sensibilizar as PME para os fatores essenciais dessa etapa da sua evolução, ajudando-as a definir os requisitos que devem cumprir, os processos específicos que precisam implementar, as certificações que terão que obter e determinados preceitos sociais e ambientais que devem seguir”, acrescenta Alexandre Rios, diretor da PortusPark.
Após uma fase inicial para identificação das principais necessidades desse tecido empresarial, o foco do programa Transtech foi tornar essas empresas “mais aptas a fazerem parte das redes globais de abastecimento” e tanto Hugo Coelho como Alexandre Rios dão a missão por “bem-sucedida, com entusiasmo geral dos participantes e grande otimismo quanto ao impacto da sua incursão em novas cadeias de valor”.
Face ao conjunto do trabalho desenvolvido no Transtech, os dois responsáveis garantem, aliás, que a confiança demonstrada pelas entidades envolvidas não é excessiva: “As empresas que participaram nestas mais de 30 ações estão agora na posse de um conjunto de ferramentas que lhes possibilitarão alargar com relativa facilidade os seus canais de distribuição”.
Dicas de sucesso, boas práticas e erros também
O encontro do dia 31 vai implicar cinco encontros temáticos que, distribuídos por diferentes setores económicos, visam partilhar boas práticas no processo de afirmação internacional, indicando erros a evitar e recomendações úteis que, muitas vezes, são desconhecidas ou negligenciadas nos primeiros passos dessa evolução.
No painel dedicado às Tecnologias de Informação e Comunicação serão convidados a partilhar esse know-how  os representantes de quatro marcas: a Indra, que fornece soluções de Transporte, Tráfego Aéreo e Defesa; a Tice, que é Associação para o Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica; a Neadvance, que concebe sistemas inteligentes de visão artificial para áreas como a indústria e medicina; e a Incode2030, iniciativa governamental apostada em desenvolver competências digitais a nível nacional.
O setor das Tecnologias de Produção será representado, por sua vez, pelas marcas Teka, de produtos de cozinha, e CEI by Zipor, de equipamento industrial, assim como pelo INESCTEC – Instituto de Engenharia e Sistemas de Computadores, Tecnologia e Ciência, e pelo Centimfe – Centro Tecnológico da Indústria de Moldes, Ferramentas Especiais e Plásticos.
molhos e piripiris.■

publicidade
Os interessados em beneficiar do contacto privilegiado com essas entidades e seus especialistas podem inscrever-se no último InovMeets do programa Transtech através do site www.transtech.ptInformações adicionais devem ser solicitadas pelo email [email protected] ou pelo telefone 229.431.690.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo