CulturaSlider

Mercantel substitui moliceiro na rotunda do Carregal

O barco moliceiro que se encontrava instalado, em estado avançado de degradação, na rotunda do Carregal, em Ovar, foi substituído por outra embarcação.

Em abril último, a propósito do estado do tradicional barco, o OvarNews questionou a Câmara Municipal de Ovar que informou que estava a planear “uma intervenção na rotunda, na qual pretende manter o espírito de homenagem ao barco moliceiro”. A ideia de melhoria daquela zona está “em projecto e estudo”, disse ainda.

A referida intervenção aconteceu, sem anúncio, na última quarta-feira, mas o barco que substituiu o “Fonte Nova” não é um moliceiro. Trata-se de um barco mercantel.

Esta é uma embarcação de carga ainda utilizada na Ria de Aveiro. Transporta areia, lama para as marinhas, junco e sal. O mercantel distingue-se do barco moliceiro principalmente pelo maior tamanho.

Quanto à decoração, muito simples, acompanha a dos miranços, é uma embarcação de pinturas mais sóbrias apenas ostentando signos insignificantes à proa e à ré.

Tal como o moliceiro, tem igualmente uma grande ligação ao concelho de Ovar, pois fosse à vela, à sirga ou à vara, os mercantéis transportavam, sobretudo, sal entre as salinas de Aveiro e o Cais da Ribeira de Ovar ou o Cais do Puxadouro, em Válega.

Mas também para toda uma variedade de materiais era o meio de transporte mais adequado em outras épocas. Com destino aos fornos da Fábrica da Vista Alegre era daqui transportado o caulino recolhido em São Vicente de Pereira e utilizado na produção da porcelana, pela Ria. Os objectos de barro ovarense também se vendiam muito pela região e muitos seguiam via mercantel para diferentes paragens.

Assim, pode dizer-se que o concelho de Ovar perdeu mais um Barco Moliceiro mas ganhou um Barco Mercantel.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta