Empresas

Sabe qual é o óleo de motor indicado para o seu veículo?

O óleo de motor é um elemento chave para o perfeito funcionamento de um motor de combustão interna. Além de o lubrificar, o óleo desempenha outras funções vitais: dissipa calor, remove resíduos de combustão, previne a corrosão, melhora a estanqueidade dos segmentos do pistão. Contudo, a eficiência do óleo de motor ao desempenhar estas funções diminui com o tempo de uso deste. Após um dado intervalo de tempo ou distância percorrida a mudança do óleo é inevitável para garantir a longevidade de funcionamento do veículo.

As exigências técnicas que um dado tipo de motor de combustão tem relativamente ao óleo de motor variam consoante a sua construção. Neste sentido, os construtores de automóveis indicam qual é o óleo lubrificante indicado para cada modelo de veículo no manual do proprietário. Esta indicação é dada com base nas diferentes especificações de óleos de motor, as quais foram desenvolvidas para estandardizar e categorizar os óleos consoante as suas propriedades físicas.

Há três especificações importantes para óleos de motor: a classificação ACEA, a classificação de viscosidade SAE e a classificação segundo a API. A especificação ACEA está orientada para satisfazer as exigências que construtores de automóveis europeus têm relativamente à lubrificação do motor. Esta classificação caracteriza para que tipo de motor é indicado o óleo, se é adequado para sistemas de pós-tratamento de gases de escape e a performance geral do óleo. Engloba as categorias A, B, C e E.

A classificação API está orientada para o mercado automóvel dos EUA. É composta por duas letras, sendo que a primeira indica a adequabilidade para motores a gasolina (S) ou gasóleo (C) e a segunda indica a qualidade do óleo.
A classificação de viscosidade SAE assenta principalmente sobre as propriedades de viscosidade dos óleos. Por exemplo, no caso de um óleo SAE 10W40 o número antes do “W” indica a categoria de viscosidade a baixas temperaturas. Quanto menor o número, melhor a lubrificação a baixas temperaturas. O valor depois do “W” indica a viscosidade a 100 °C. Quanto maior o número, melhor a lubrificação a alta temperatura.
Além das especificações é comum uma caracterização do óleo de motor consoante o seu processo de produção e as suas propriedades. Distingue-se entre óleos sintéticos e óleos minerais consoante os óleos-base utilizados na produção. Por norma, os óleos sintéticos apresentam um grau de pureza mais elevado do que óleos minerais.

LIQUI MOLY МoS2 Leichtlauf 10W-40
O óleo de motor МoS2 Leichtlauf 10W-40 é adequado para veículos com motor a gasolina e a gasóleo. Este óleo semi-sintético de alta capacidade lubrificante satisfaz requisitos melhorados relativamente ao consumo de óleo e a depósitos de resíduos nos pistões. Proporciona uma boa proteção contra desgaste interno do motor, mesmo com intervalos de mudança prolongados.

LIQUI MOLY Special Tec V 0W-20
O óleo lubrificante sintético Special Tec V 0W-20 é adequado para veículos a gasolina e gasóleo que dispõem de novos sistemas de pós-tratamento de gases de escape. Trata-se de um óleo de alta qualidade que reduz consideravelmente o atrito interno do motor e possibilita a poupança de combustível.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo