LocalPrimeira Vista

Seis anos de prisão para ex-funcionária de ATL de Esmoriz

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

O Tribunal de Aveiro condenou hoje a seis anos de prisão uma ex-funcionária de um ATL de Esmoriz que usou menores, que frequentavam o estabelecimento, para retirar das casas dos pais e de outros familiares dinheiro e ouro para lhe entregarem.

Durante a leitura do acórdão, a juíza presidente disse que foi provada “a essencialidade dos factos” constantes na acusação.

A magistrada considerou a conduta da arguida “extremamente censurável”, adiantando que a mesma revelou “frieza de caráter e insensibilidade”, aproveitando-se de crianças, adolescentes e idosos vulneráveis.

A arguida, que já tem uma condenação em pena suspensa por um furto qualificado, foi condenada a um cúmulo jurídico de seis anos de prisão, por nove crimes de furto. (Ler artigo aqui)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo