Opinião

“Serei militante não activo?” – Fernando Almeida

Tenho evitado pronunciar-me publicamente sobre o CDS, mas há situações que não consigo ignorar.

A única comunicação da actual direcção do CDS com Filipe Anacoreta Correia, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, foi para o informar que é um militante não activo.

Isto diz muito do modus operandi da direção do CDS e do que pode vir a acontecer ao partido.

Goste a direção do CDS ou não, eu também sou um autarca que dá voz ao CDS em Ovar, mas pelos vistos também sou militante não activo.

O CDS ainda não percebeu que o maior património político que tem neste momento são os seus autarcas e francamente não me identifico minimamente com o caminho trilhado por esta direcção, estou completamente afastado da vida partidária e só me mantenho como deputado municipal em Ovar por respeito aos eleitores que me deram um voto de confiança e por gostar tanto da minha Terra.

Fernando Almeida – Deputado eleito pelo CDS-PP na Assembleia Municipal de Ovar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo