LocalSlider

Subida do nível do mar vai inundar o território ovarense até 2050

Esmoriz, Ovar, Torreira, Aveiro e Espinho são algumas das zonas costeiras portuguesas ameaçadas pela subida do nível do mar até 2050, segundo um estudo científico divulgado esta semana.

O mapa da ONG Climate Central mostra as regiões portuguesas que se estima serem afectadas e estima que as vidas de 300 milhões de habitantes de zonas costeiras no Mundo todo podem estar em risco,

A investigação, publicada na revista científica “Nature Communications” e revelada pelo «JN», aponta a Ásia como a região mais vulnerável, somando mais de um terço do total de vítimas estimadas, divididas pela China, Bangladesh, Índia, Vietname, Indonésia e Tailândia.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar colocou na agenda a solução inovadora da construção de quebra-mares destacados complementados com os já previstos shots de areia. “Até essa data ninguém falava desta solução”, recorda Salvador Malheiro.

Ovar já fez o projecto de execução, o estudo de impacto ambiental e a viabilidade económica. “É com agrado que vemos esta solução genericamente aceite”, revela o autarca que agora espera que tudo se concretize o mais brevemente possível.

“Até à data não temos nada a apontar ao Governo de Portugal sobre esta matéria”, reconhece Salvador Malheiro que se mantém na expectativa de que o Governo cumpra e avance com as obras, pois a Câmata de Ovar já não pode fazer mais…”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo