Publicidade
Primeira VistaSaúde

Técnica revolucionária da coluna vertebral realizada pela primeira vez em Portugal

A nova técnica cirúrgica inovadora da coluna vertebral que acelera radicalmente a recuperação do doente foi realizada pela primeira vez em Portugal no Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV).

O Serviço de Ortopedia do CHEDV realizou com sucesso, em dezembro, a primeira cirurgia endoscópica biportal unilateral (UBE-unilateral biportal endoscopy) no tratamento de hérnias discais lombares, tendo vindo a desenvolver um treino intensivo na nova técnica, estando neste momento já disponível para todos os doentes elegíveis.

O primeiro doente a realizar a nova cirurgia UBE – endoscópica biportal unilateral no CHEDV apresentava uma hérnia discal lombar com ciatalgia (irradiação para o membro inferior e parestesias).

publicidade

Após a realização da nova técnica cirúrgica o doente sentiu alívio da dor, tendo recebido alta na manhã seguinte.

Os benefícios da nova cirurgia endoscópica biportal unilateral (UBE) são significativos, uma vez que o trauma tecidual é muito reduzido e não existe nenhum dano muscular como nas grandes incisões, o que significa que o doente tem mobilidade imediata ao contrário da cirurgia convencional, tendo alta antes das 24 horas após a intervenção e uma rápida recuperação.

Para António Miranda, diretor do Serviço de Ortopedia: “o CHEDV mantém-se ao lado do estado da arte neste e noutros procedimentos ortopédicos que continuam a fazer do Serviço de Ortopedia um centro de excelência. Esta nova técnica cirúrgica minimamente invasiva, mas precisa, permitirá resolver de forma mais atempada e sem internamento muitas das situações clínicas que nos ocorrem. Trata-se de um avanço relativamente a outras técnicas endoscópicas uniportais em que os procedimentos não eram tão acessíveis”.

Recorde-se que em 2017, Artur Teixeira responsável pela Unidade de Cirurgia da Coluna do CHEDV foi o primeiro dos Hospitais do SNS a realizar com sucesso as primeiras cirurgias endoscópicas a hérnia discais, num procedimento menos invasivo e mais fácil recuperação.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo