CulturaPrimeira Vista

Telhado atrasa Escola de Música de Fernando Daniel no Furadouro

É na praia do Furadouro que Fernando Daniel está a pôr em prática duas vontades: ter os estúdios perto de casa e abrir uma escola de música.
Se tudo corresse conforme o previsto, o projeto deveria estar a abrir portas, mas nem sempre é assim e com o cantor aconteceu o mesmo. “O telhado e o revestimento acústico não foram bem instalados e, copm as últimas chuvas, verificou-se que entrava água”, confessou o artista. “Tive de voltar ao início, encontrar um novo empreiteiro e eu próprio andei a resolver alguns desses problemas”.
Fernando Daniel está a recuperar as antigas instalações da discoteca Pildrinha, no Furadouro, onde está a instalar os seus estúdios e uma escola de música com cariz social.
Fernando Daniel nasceu e cresceu em Estarreja, diz que “havia uma oportunidade de me estabelecer e ter um espaço para poder trabalhar as minhas coisas e não estar dependente de outros”.
A ideia do cantor aqui é, consoante as dificuldades das crianças e das famílias, apoiar os sonhos delas, ajustando os preços das aulas. Ou seja, “há aulas que poderão ser de graça”, explicou o cantor, para quem “não se deve perder um possível grande músico, um possível grande artista por não haver dinheiro em casa”. “E se eu puder ajudar, ajudo”. Os músicos que habitualmente o acompanham “vão ser os professores”.
Entre as crianças que frequentarem a escola haverá as que “não pagam”, as que “irão pagar metade” e as que “pagarão a totalidade” do valor das aulas.
Na altura em que percebeu que a música era o caminho que queria seguir, os pais de Fernando Daniel não tinham a possibilidade de lhe pagar aulas, “porque as aulas de música são efetivamente caras”.
Fernando Daniel lançou, este ano, o álbum “V.H.S Vol.1”, mas já adiantou ao OvarNews que está a gravar o volume 2 que deve sair no primeiro semestre de 2024.

Deixe um comentário

https://casino-portugal-pt.com/
Botão Voltar ao Topo