CulturaSlider

Tempo seco e frio vai durar até quando?

A primeira quinzena de janeiro já praticamente terminou e com raras exceções, os dias têm sidos secos, estáveis e soalheiros. Para uma estação do ano como aquela em que estamos – o inverno – a chuva é muito necessária para acautelar o verão, sendo imprescindível para os campos e extremamente essencial para os solos e para a atividade agrícola. A escassez de precipitação é, de facto, algo preocupante.

O responsável é o super anticiclone (super, devido aos valores de pressão atmosférica que apresenta, tendo chegado aos 1040 hPa) presente no centro-norte da Europa – entalado entre a França e as Ilhas Britânicas – e um constante fluxo de Leste. Aliás, os valores de geopotencial a 500 hPa são muito raros para um mês de janeiro.

Estes dois ingredientes meteorológicos, ao atuarem em conjunto, proporcionam uma estabilidade aparentemente duradoura, especialmente se tivermos em conta os mapas de previsão de médio e longo prazo do modelo ECMWF.

Assim, ao que tudo indica, também a segunda quinzena de janeiro e quiçá os primeiros dias de fevereiro darão continuidade a esta situação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo