CulturaSlider

Torreira: Festas do S. Paio na Praia mudam de figurino

Nos primeiros dias de Setembro de cada ano, a praia da Torreira enche-se de gente ávida de participar numa das mais tradicionais romarias da região. Trata-se da festa de S. Paio, que atrai multidões desde há muitos anos, atraídos pela fé mas também pelo lado profano. Enquanto que os concertos, de cariz marcadamente popular, juntam milhares de pessoas na Praça da Varina, na praia, no areal propriamente dito, naqueles dias, decorrem várias “beach parties”, de acesso gratuito, a transbordar de gente de todas as idades. A animação nocturna proporcionada pelos diversos bares de praia, atrai, todos os anos, muitos milhares de jovens à Torreira mas, este ano, o figurino das festas da praia, vai mudar.

Ao invés dos dois maiores bares de praia, o Maribar e o Café da Praia, organizarem as suas festas separadamente, este ano, os dois resolveram juntar-se e organizar uma mega festa que tem tudo já praticamente definido.

Nos dias em que decorre a festa, milhares e milhares de jovens acorrem à Torreira para participar nas festas que têm tido até aqui um cariz gratuito. Isso também vai mudar. E essa talvez seja a medida que está a gerar mais polémica.
Filipe Correia, proprietário do Maribar, diz que “como estava, não podia continuar. Estava a tornar-se incomportável”. Fazendo o balanço dos últimos anos, em que a pressão sobre o cordão de areia onde a festa se realiza não tem parado de crescer, os concessionários dos bares de praia e o próprio Município da Murtosa chegaram à conclusão que era imperioso repensar o modelo.

Por um lado, refere Filipe Correia, “porque já não conseguíamos dar resposta, porque os miúdos chegavam aqui todas as noites com as mochilas cheias de bebidas alcoólicas e praticamente não consumiam nada”. Mas à medida que isso acontecia, os miúdos eram cada vez mais e as despesas com o espaço, quer de limpeza, quer de algum asseio que é sempre necessário, continuava a subir, chegando a um ponto de estar a ser praticamente incomportável manter a festa. As ambulâncias andavam num corropio todas as noites para acudir a todas as solicitações relacionadas com o consumo excessivo de álcool.

Johnny Carrabau, da MusikBox, parceira da organização no evento, é de opinião que o “problema nem é pagar, o problema é não poderem trazer bebidas cá para dentro” e que, assim, “até os pais vão ficar mais descansados”.

“Estamos convencidos que o novo modelo vai trazer benefícios para todos, incluindo mais qualidade e segurança”, explica Filipe Correia, acrescentando que a organização “tem tudo para correr bem”.
Há cerca de vinte anos à frente de um dos bares mais frequentados da praia da Torreira, o empresário esclarece que o que se está a organizar “não é uma beach party, é sim a festa na praia do S. Paio”.

Aliás, a oportunidade é aproveitada pela organização das festas na praia para sublinhar que estas serão o único evento com acesso pago do S. Paio. “O resto da romaria mantém-se de acesso gratuito”, reforça Filipe Correia, aludindo a alguns telefonemas que tem recebido com a mesma dúvida.

Entre 3 e 5 Euros

Os dois primeiros dias da programação – 1 e 2 de setembro, decorrem no Café da Praia e Maribar, respectivamente, e serão gratuitos. Entre 3 e 7, as festas já serão no espaço fechado que vai albergar o Maribar e o Café da Praia, sendo a programação conjunta com o apoio da MusikBox DJ’s. Para estes dias, os preços do bilhete diário variam entre os 3 e os 5 euros, dependendo do dia, mas os interessados podem adquirir o Passa Geral por 7,5 euros e que confere entrada para todos os dias. Quem optar por esta modalidade, tem a festa por apenas 1,5 por dia, ou seja, “um preço simbólico para tudo o que vai acontecer dentro do recinto”, analisa.

Johnny Carrabau adianta que a programação, este ano, vai ter “mais artistas e mais qualidade” e acrescenta que, “os preços das bebidas dos bares é o mesmo do resto do ano, apesar de ser uma festa deste calibre, e nós sabemos que noutras festas não é isso que acontece”.
Entretanto, já há alguns nomes garantidos no S. Paio deste ano: Overule, The Fucking Bastards, Miss Sheila e Mastiksoul. Mais alguns anúncios se seguirão nos próximos dias.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta