EmpresasSlider

Toyota Corolla celebra 50 anos

Considerado um dos carros mais populares do Mundo e também um dos mais vendidos, o Toyota Corolla, celebra este ano o seu 50º aniversário, naquele que é um marco importante para a marca Japonesa.

O primeiro Toyota Corolla foi apresentado ao mercado Japonês em 1966. Disponível em duas carroçarias distintas (duas e quatro portas), o Corolla foi projetado para ser uma versão local do “carro do povo “. No entanto, apresentava uma construção de elevada qualidade e era equipado com equipamentos que apenas eram disponibilizados em segmentos mais elevados.

Apresentava uma alavanca de mudanças montada no piso, que na época era notável. Bancos separados e acolchoados para o condutor e passageiro, enquanto o banco traseiro era tão espaçoso e confortável que era comparado a um sofá da sala. Embora fosse considerado como uma viatura compacta, o seu elevado tejadilho permitia um interior espaçoso.

O nome “Corolla”, tem origem no termo latino “coroa de flores”, tendo sido escolhido assente na premissa de que iria florescer no mercado automóvel. O que viria a acontecer três anos após o seu lançamento no mercado: a primeira geração do Corolla tornou-se na viatura mais vendida no Japão, sendo que as vendas rapidamente se espalharam para outros países em todo o Mundo.

Seguindo à risca a filosofia de produzir modelos adequados às necessidades dos clientes, oferecendo fiabilidade, rigor de construção e eficiência, a marca tem no novo Corolla uma viatura com o ADN da herança de 50 anos de história. Apresenta um design exterior com linhas atuais, um forte foco na qualidade sensorial, um interior mais espaçoso e um nível de tecnologia e equipamento superior.

Essencialmente, o novo Corolla baseia-se na lendária qualidade, durabilidade e fiabilidade do modelo original com um design e tecnologia atuais, mantendo-se uma referência em inúmeros mercados, em todo o mundo. Contudo, muito também mudou: ganhou em tamanho, tornou-se mais robusto e diversificou as suas carroçarias.

Mais de 40 milhões de unidades produzidas

Em novembro de 1966, a Toyota abriu uma nova fábrica em Takaoka, na prefeitura de Aichi, no Japão, dedicada exclusivamente à produção do Corolla. Dois anos mais tarde, com ênfase no fornecimento de viaturas específicas de cada região e mercado, deu-se início à produção nas fábricas da Austrália e Malásia.

De 1965 a 1968, a Toyota duplicou a sua produção total anual de 480.000 para 1.1 milhões de veículos, deixando-se bem à vista a contribuição significativa do Corolla para o crescimento da marca.

Na Europa, o Corolla foi introduzido em abril de 1967 e também tem um toque nacional. Em 1971 sai da fábrica de Ovar, a primeira unidade produzida na Europa. Em dez anos de produção acumularia 52.760 unidades. Em 1994 a Toyota Turquia (TMMT), em Sakarya, deu início à produção da sétima geração do modelo e continuou a produção das duas seguintes. Já em 2013 deu início à produção da 11ª geração do Corolla atual.

As exportações do Corolla para a América do Norte começaram em 1968 e o sucesso de vendas neste mercado ajudou as vendas acumuladas mundiais a chegar a 1 milhão de unidades, apenas quatro anos após o seu lançamento.

Em 1997, o Corolla tornou-se no modelo mais vendido em todo o mundo, com vendas acumuladas mundiais superiores a 22.65 milhões de unidades. Em 2013, o Corolla já tinha vendido 40 milhões de unidades em todo o mundo.

Atualmente o modelo é produzido em 16 fábricas em todo o mundo, e já foram vendidas mais de 44 milhões de unidades, fazendo com que um em cada cinco veículos Toyota vendidos na história da marca, em 79 anos, seja um Corolla. Desde 2002, mais de um milhão de unidades foram vendidas anualmente em cada ano. No ano passado, um total de 3670 unidades Corolla foram vendidas todos os dias em mais de 150 países.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta