LocalSlider

Jovens cientistas vareiros participam em concurso da UE

Um projecto desenvolvido por alunos nos laboratórios de ciências da Escola Secundária Júlio Dinis, em Ovar, usando moscas para estudar os efeitos do Omeprazol na memória, representa Portugal na Final Europeia do Concurso de Jovens Cientistas, que decorre em Bruxelas, entre 15 e 20 de setembro.

A investigação dos alunos Carlota Andradee Vasco Pereira, sob o título “When Memory Flies away”, causou impacto no certame que decorreu no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa, ao demonstrar que, após os testes, os insectos apresentavam possíveis efeitos de letargia ou confusão induzidos pelo consumo do fármaco.

Segundo os autores do projecto, “o Omeprazol pertence a um grupo de medicamentos chamados ‘inibidores da bomba de protões’. Foram publicados estudos que atribuem à ingestão prolongada deste fármaco, uma carência da vitamina B12 necessária para o desenvolvimento e manutenção das funções do sistema nervoso”.

Para estudar os efeitos do Omeprazol na memória, os alunos utilizaram como modelo moscas que foram sujeitas a testes de memória sendo sujeitas a diferentes gamas de concentração de Omeprazol na forma pura e na forma comercial (Omeprazol Omezolan) durante 24 horas antes do início de cada teste.

“Foram realizados também testes de reprodução. Os resultados obtidos demonstram possíveis efeitos de letargia ou confusão induzidos pelo consumo deste fármaco”, concluem os jovens cientistas

Durante os próximos dias, Bruxelas vai receber cerca de 150 jovens cientistas que vão apresentar projectos nas mais variadas áreas da ciência como seja Biologia, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas, Ciências Sociais, Economia, Engenharias, Ciências da Computação ou Psicologia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo