CulturaSlider

“Tudo a postos para o início do FIMO” – Bruno Oliveira

A poucas horas do início do certame, Bruno Oliveira, presidente da União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã, diz que está “tudo a postos para o início do FIMO – Festival Internacional de Marionetas de Ovar”.

Na sua perspectiva, a programação apresenta um nível de superior
qualidade e estão garantidos em Ovar três dias de grande diversão e excelentes espectáculos por alguns dos maiores mestres mundiais da arte de manipular a marioneta.

Confiram o programa para o dia 1:

Mikropodium Family Puppet Theatre (Hungria)
21.30 – Capela Sto António

O Mikropodium Family Puppet Theatre lida com uma forma especial de marionetas. O fundador do Mikropodium, András Lénárt, criou um novo tipo de fantoche, mais pequeno, o que potencia movimentos mais animados e naturais.

O espectáculo decorre num palco minúsculo, por isso, convém ao público sentar-se próximo dele.

Teatrapo (Chile)
22h – Jardim do Cáster

Os chilenos Teatrapo trazem ao FIMO’15 a relação de amor/ódio entre Francisco e a sua boneca Sophia. Sophia é egocêntrica, provocativa, uma diva. Durante o espectáculo, Sophia, numa atmosfera de música, dança e boa disposição, transforma a realidade em fantasía, superando o espaço entre o actor e o público.

O espectador passa de observador passivo a um cúmplice dinâmico, oferecendo ao actor oportunidades sempre novas de improvisação, dando vida a um espectáculo único e original.

MãoZorra (Portugal)
22.30 – Neptuno

Mais uma companhia que vem ao FIMO 2015: MãoZorra é uma associação cultural, fundada em 2012, que tem como objectivo a promoção e produção de actividades de cariz tradicional e contemporânea nas áreas do teatro, no teatro de marionetas, formação, e animação.

Em “O Caçador”, Rute sente-se muito triste e procura um namorado com quem casar! Roberto de pronto se oferece como noivo, mas terá de satisfazer Rute com um belo jantar. A ida à caça é a solução que Roberto encontra para conquistar Rute. Porém, um outro caçador, um coelho ladrão e astuto irão tornar a tarefa difícil e repleta de peripécias.
Para além disso, surge o Mago a reclamar pelo seu coelho mágico. Irá conseguir Roberto casar com Rute?

Le Théâtre du Rugissant (França)
22.45 – Biblioteca

Sediado numa antiga fábrica da pequena cidade francesa de Tarn, quando não percorre as estradas da Europa, o Théâtre du Rugissant inventa espectáculos de marionetas que misturam teatro, música e muita diversão.
Ao longo de mais de 15 anos, o Théâtre du Rugissant tem abordado temas universais com grande sentido de humor e sucesso.
A parafernália do Le Théâtre du Rugissant já está em Ovar, no Parque da Senhora da Graça, sendo uma das companhias participantes do FIMO – Festival Internacional de Marionetas de Ovar . não perder!

Laura Kibel (Itália)
23.15 – Tribunal

Os temas universais da luta entre o bem e o mal, paz e amor, trabalhados com magistral ironia, ritmo e cor: É este o caminho que levou à criação do laborioso repertório, de Laura Kibel, feito pé ante pé.
Laura Kibel regressa ao FIMO, onde já foi muito feliz. Desde então, percorreu praticamente todo o mundo, destacando-se a sua colaboração com o famoso Cirque Du Soleil, em Montreal, no Canadá.

Nymio
00.30- Casa do Povo

Nymio combina marionetas com teatro gestual. Ele explora as possibilidades da mão e as consequências destas no resto do corpo.
Nymio traz na bagagem várias técnicas de manipulação, mão e dança são reinventadas para criar um estilo único na linguagem visual.
Nascido em Barcelona, em 2011, na oficina de Pepe Otal Puppets, o projecto Nymio investiga as possibilidades da mão como principal elemento para contar histórias.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta