EmpresasPrimeira Vista

Turismo gera apenas um por cento do total do volume de negócios concelhio

O volume de negócios no sector do turismo em Portugal cresceu 6% entre 2014 e 2015, revela um estudo do Banco de Portugal que salienta ainda o aumento de 2,4% do número de empresas em actividade.

A análise do sector do turismo 2011-2016, que sucede a um outro estudo com informações relativas ao período 2011-2014, mostra que, comparativamente a 2011, a relevância do sector em Portugal aumentou, com “uma criação líquida de empresas superior à do total das empresas (aumento do peso do sector em 0,7 pontos percentuais, tanto em número de empresas, como de volume de negócios e número de pessoas ao serviço)”.

Em Ovar, todavia, o sector do turismo representa apenas um por cento do total do volume de negócios concelhio, segundo números avançados pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Ovar, Domingos Silva, no seminário promovido pelo Rotary Club de Ovar, “Ovar e a Economia do Futuro”. No entanto, estes números não desanimam o executivo: “O sector continua a ser estratégico para o nosso concelho”, revelando que, em 2016, registaram-se 65 mil dormidas no concelho, contra as 55 mil do ano anterior.

As cerca de 1.600 empresas – o sector mais representativo é o comércio por grosso e a retalho -, sediadas no concelho de Ovar geram cerca de dois mil milhões de euros. Para Domingos Silva, a aposta das empresas deverá passar pela formação e ligação do meio empresarial ao meio escolar e o pensamento em rede. “Queremos continuar a fazer de Ovar um pólo de atracção de empresas”, reiterou.

Atendendo ao número de empresas existentes no concelho, o Vice-Reitor da Universidade de Aveiro, José Mendes lançou o repto de criação de um “fundo no qual que se promova uma estratégia que envolva as empresas, a Câmara Municipal e a Universidade, no sentido de pensar e investir no futuro”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo