LocalSlider

Turistas do Porto encaminhados para o Parque de Campismo de Esmoriz

 

A presidente do Clube de Campismo do Porto, Laura Castro, conta que há turistas que contactam aquela instituição interessados em saber se existe parque de campismo na cidade do Porto. Há também muitos turistas a pedir informação sobre um espaço autorizado para estacionar as autocaravanas.

A resposta que o Clube de Campismo do Porto tem dado aos turistas é que a cidade não tem um parque de campismo, nem um parque oficial para caravanas, pelo que direciona os turistas para o parque de campismo de Esmoriz, no distrito de Aveiro, a 30 quilómetros do Porto, ou para os parques de campismo de Vila Nova de Gaia e Angeiras, Matosinhos.

Em entrevista à Lusa, a presidente do Clube de Campismo do Porto observa que se por um lado a cidade do Porto “oferece preços de hotelaria concorrenciais” com um parque de campismo, por outro lado não existe um parque para caravanas e autocaravanas na cidade.

“Pensamos que no perímetro da cidade falta um espaço de estacionamento para autocaravanas”, constata Laura Castro.

O Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) disse à Lusa que “há necessidade” de ter resposta o turista que prefere utilizar os parques de campismo. Aquela entidade assume mesmo estar disponível para acompanhar as entidades públicas que queiram colmatar a falta.

“Hoje temos unidades de grande qualidade, que vão dos hostels aos quatro e cinco estrelas, temos nichos de mercado para todo este tipo de oferta. Entendemos também que há necessidade, hoje no Porto, de ter oferta para este perfil de turista que prefere ainda, acima de tudo, utilizar os parques de campismo”, declarou Melchior Moreira.

O responsável reiterou que o TPNP está disponível para acompanhar as entidades públicas no sentido de as sensibilizar para responder a este nicho de mercado.

A Lusa questionou, via correio eletrónico, a Câmara Municipal do Porto sobre se previa incluir no orçamento de 2016 ou num futuro orçamento alguma verba para a execução de um parque de campismo para a cidade ou de um parque de estacionamento para caravanas.

A resposta que chegou, através do adjunto do presidente da Câmara do Porto, foi a de que “nesta altura não está prevista a construção de qualquer parque de campismo na cidade do Porto”.

O antigo parque de campismo da cidade, que encerrou em 2006, funcionava na Quinta da Prelada, um espaço da Santa Casa da Misericórdia do Porto que está a transformar o espaço no futuro “Parque da Prelada”.

O Parque da Prelada vai “abrir ao público em breve” e reúne valências na área da Cultura, Lazer e Desporto”, lê-se na página da Internet da Santa Casa da Misericórdia.

O Centro Hípico Internacional do Porto está atualmente alojado no futuro Parque da Prelada, ocupando uma área de cinco dos 17 hectares que tem o futuro Parque da Prelada detém.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta