CulturaSlider
Últimas

Um “clown” luso-canadiano na (Macaca) Rambóia

Arrumadas as máquinas, madeiras e aduelas, a Tanoaria Josafer abre hoje e amanhã as portas às artes performativas. É o Tan Tan Tann – 4º Festival Internacional de Artes Performativas Contemporâneas de Esmoriz 2020, uma parceria da Imaginar do Gigante com a Câmara Municipal de Ovar, com o apoio da Junta de Freguesia de Esmoriz.

Uma das atracções é da casa. Macaca Rambóia está no programa e é uma actividade que antigos tanoeiros realizavam uma vez por mês, no final do trabalho, e é aqui replicada com o público, onde não faltarão as conversas e os bifes do vazio.

Expectativa está também a gerar a performance “one-man-show” do português Mário Lourenço que integra o projecto da Gesfalt Theatre, grupo com uma abordagem integrativa, holística e expressiva da psicoterapia e do desenvolvimento pessoal. “Este é um espaço especial para actuar e estou muito curioso para entrar em acção”, disse o “clown” luso-canadiano ao nosso jornal.

O espaço onde se fazem as famosas barricas para armazenar os mais saborosos vinhos e licores do mundo foi arrumado e vai servir de palco a artistas de vários pontos do mundo que terão à sua frente uma assistência mais reduzida do que é hábito. “Verdade seja dita que nunca pretendemos que fosse um espectáculo de massas, queremos antes criar um evento de referência e, portanto, não é difícil adaptar porque a tanoaria é grande e o espaço é de qualidade”, destaca António Bebiano, presidente da Junta de Freguesia de Esmoriz.

Filipe Octávio, administrador da Josafer e embaixador de uma terceira geração de tanoeiros esmorizenses, nota que “albergar um certame performativo destes é um desafio que abraçamos com alegria, porque foi baptizado com um nome que tem a ver com as batidas do tanoeiro e também porque achamos que é uma forma de abrir o nosso espaço e mostrá-lo a mais pessoas que têm a possibilidade de perceberem e valorizarem o que fazemos aqui”.

TAN TAN TANN 4º Festival Internacional de Artes Performativas Contemporâneas

Publicado por Pedro Saraiva em Domingo, 23 de agosto de 2020

NOTA: Macaca Rambóia está no programa e é uma actividade que antigos tanoeiros realizavam uma vez por mês, no final do trabalho, e é aqui replicada com o público, onde não faltarão as conversas e os bifes do vazio.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta