Publicidade
ComunidadesPrimeira Vista

Um Marcelo de chocolate para o Presidente da República

Emocionante encontro com Marcelo Rebelo de Sousa

Entre 11 e 12 de junho, os chefes de Estado e de governo comemoram o Dia de Portugal, de Camões e das  Comunidades Portuguesas junto daquela que é a segunda maior comunidade de emigrantes portugueses do mundo (260 mil, apenas atrás de França), com passagens por três cidades: Genebra, Berna e Zurique.

O “chocolatier” vareiro, Jorge Cardoso, radicado na Suiça, fez uma escultura de Marcelo para o Festival Internacional de Chocolate d’Óbidos deste ano 2024 cujo tema era “portugalidades”.

Hoje, teve oportunidade de oferecer pessoalmente uma miniatura desse trabalho ao próprio Marcelo Rebelo de Sousa que conseguiu dizer, surpreendido: “Que maravilha!”

publicidade

Foi um momento emocionante”, descreve o vareiro.

O ‘chocolatier’ é o português mais conhecido do mundo do chocolate, e agora é a estrela d e um vídeo promocional do Turismo da Suiça.

Aliás, foi em representação do país helvético que ganhou o título de campeão do Mundo em 2018, no «Culinary World Cup», no Luxemburgo.

Em 2018 ganhou ainda a medalha de bronze na «Coupe du Monde de la pâtisserie», em Lyon, tornando-se no primeiro português a ganhar estes prémios e o primeiro a oferecer estes prémios à Suíça nos maiores concursos mundiais de cozinha e pastelaria. Mas em 2022 voltaria a ganhar o campeonato do mundo.

Filho de pai cozinheiro e mãe pasteleira, de Ovar, Jorge não hesitou em seguir a arte dos seus pais, e aos dezassete anos emigrou para a Suíça para alcançar o seu sonho.

“Enquanto estudante pasteleiro, em 2012, comecei a trabalhar o chocolate e desde então percebi que havia algo a fazer. Juntei as minhas duas “paixões”: as artes e o chocolate”, conta.
Jorge Cardoso diz que “depois do meu primeiro concurso em 2012, enquanto estudante pasteleiro, em que ganhei a minha primeira medalha, treinava para conhecer mais o chocolate e fazer novas esculturas, tornando-se num vício. Continuei a participar em concursos e a ganhar medalhas, até obter aquela que mais queria, a Medalha de Ouro em 2018 e a história repetiu-se em 2022”.

Entretanto, Jorge Cardoso lançou-se na construção de bustos e estátuas, em chocolate, de pessoas famosas, como a de Cristiano Ronaldo, atuamente no Museu do CR7 na Madeira, Amália Rodrigues e do Presidente da República.

Sobre o futuro, Jorge Cardoso afirma que, “de momento, vou continuar na Suíça, porque gosto do país e é bom para a minha carreira. Acho que estou no sítio certo mas nunca fecharei a porta a novos projectos”.

Veja o vídeo:

Publicidade
Botão Voltar ao Topo