Opinião

Uma Tenda – Florindo Pinto

Causou estranheza a implantação de uma tenda no espaço fronteiriço ao edifício da Câmara de Ovar e, daí o termos questionado um cidadão anónimo que nos adiantou, falando de forma convicta:

– Agora é destinada aos apreciadores dos Cantares das Janeiras e para os proteger do vírus da gripe.

– Não percebo nem entendo por que não evitaram as despesas de aluguer da tenda, quando em Ovar, se podia assistir a essa exibição em locais mais agradáveis, espaços que são propriedade de Associações com protocolos firmados com a Câmara.

– Depois, e por que um terço do mandato autárquico já se esgotou e muitas são as obras prometidas, que esperam a “sua chegada ao papel” para, eventualmente, serem iniciadas, urge dar boas condições de trabalho aos técnicos.

– Têm lugar garantido, naquelas precárias instalações, os técnicos discordantes de trabalhar à chuva e aqueles que se tenham queixado da falta de espaço para a sua movimentação.

– Só se pode admitir que assim seja até por que é intenção dos responsáveis evitar as discordâncias que justificam a instauração de processos disciplinares.

Ficamos esclarecidos, considerando como lógica a forma de analisar a situação, que nos foi presente pelo cidadão e louvamos a preocupação dos responsáveis, que em nome da verdade e do rigor, estão atentos à necessidade de “tudo fazer” para dar cumprimento ao prometido.

Florindo Pinto

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo