GaleriaSlider

Uma vareira em Pyongyang – Mariana Palavra

Fui 8 dias à Coreia do Norte, onde participei nos 10 km da Maratona de Pyongyang (havia 3 competições: 10 km, Meia Maratona e a Maratona propriamente dita). Fiquei no 14.º lugar (as boas estavam a competir na Meia ou na Maratona…)

A maratona faz parte das celebrações do aniversário de Kim Il Sun  (o primeiro dos três, ou seja, o avô do actual grande líder). Ao longo da semana houve ensaios de danças por toda a cidade de Pyongyang (grande, urbana, limpa, organizada) e, na sexta dia 15, dia do aniversário, houve danças em massa pela cidade, circo, fogo de artifício, etc.

Como era feriado, os parques estavam cheios de gente a fazer piqueniques e a dançar ao som dos seus aparelhos sonoros.

Pelo meio, fui a algumas cidades perto de Pyongyang e à zona desmilitarizada que separa Coreia do Norte e do Sul. Eu, como todos os turistas, estive sempre acompanhada por guias e nem do hotel se podia sair acompanhado.

A corrida acabou por ser o momento mais solto (mas fisicamente penoso) de toda a viagem. Uma sensação de (falsa) liberdade pelas principais ruas de Pyongyang, entre sorrisos e “give me five” dos putos que assistiam e, para terminar, aqui está a prova da (falsa) liberdade.

Mariana Palavra
Yangon, Myanmar
(Fotos de Mariana Palavra)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta