Política

“Válega e o Centro Cultural e Recreativo de Válega merecem!”

As obras de instalação do relvado sintético e de construção da pista de patinagem, no Complexo Desportivo do Sargaçal, em Válega, foram realizadas no âmbito das Grandes Opções do Plano 2015 da Câmara Municipal de Ovar e do projecto vencedor do Orçamento Participativo 2014/15.

A Junta de Freguesia de Válega recorda também que estes projectos “fizeram parte do rol de obras consideradas essenciais para o desenvolvimento sustentável e o progresso da freguesia de Válega apresentado à Câmara Municipal de Ovar pelo actual executivo, no início do presente mandato autárquico, em finais de 2013”.

Nessa altura, a Junta de Freguesia de Válega defendeu a “requalificação do Complexo Desportivo do Sargaçal com inclusão de relvados sintéticos e pista de patinagem, uma vez que estas infraestruturas eram vitais para que o Centro Cultural e Recreativo de Válega (CCRV) não definhasse e morresse, principalmente devido à proliferação de relvados sintéticos nos clubes das freguesias vizinhas que estavam [e ainda estão] a atrair atletas da terra”.

Por outro lado, “era fundamental que fossem criadas as condições adequadas para a prática da patinagem de velocidade, dado que os atletas do clube assim o exigiam (e, sobretudo, o mereciam), numa modalidade que difundia amplamente [e difunde] o nome da nossa terra, além fronteiras”.

Esta dupla obra “valoriza duas modalidades históricas para as suas gentes, a de futebol de 11 e a de patinagem de velocidade, e terá um efeito muito positivo na performance dos atletas valeguenses ao nível da melhoria da qualidade da formação desportiva de crianças e jovens, permitindo ainda a obtenção de melhores resultados desportivos”.

A mesmo tempo, a Junta de Freguesia de Válega, “correspondendo a uma velha aspiração dos dirigentes do Centro Cultural e Recreativo de Válega, construiu um muro de vedação com cerca de 60 metros de comprimento e colocou um portão no lado ponte”. Esta obra “melhorou a protecção de todo o recinto desportivo que, desde há décadas, apresentava esta lacuna na vedação entre a área das bancadas e o muro virado a sul”. “Finalmente, aquele espaço está integralmente vedado, tendo a intervenção respeitado a traça arquitetónica original”.

Seguiu-se ainda a colocação de lancis em granito, a construção do passeio e a criação de mais lugares no parque de estacionamento, na zona adjacente ao muro agora edificado, dignificando-se de sobremaneira a zona envolvente.

Posto isto, a Junta de Freguesia de Válega felicita, uma vez mais, “a actual Direcção do Centro Cultural e Recreativo de Válega, na pessoa de Pedro Nunes, e o executivo da Câmara Municipal de Ovar, liderado por Salvador Malheiro pela aposta desportiva em Válega, valorizando duas modalidades históricas para a comunidade valeguense, a de futebol de 11 e a de patinagem de velocidade”.

O executivo liderado por Jaime Almeida termina “enaltecendo a acção altruísta de todos os ex-dirigentes do Centro Cultural e Recreativo de Válega e evocando a memória dos dirigentes, técnicos, atletas e sócios do clube já falecidos”. Deixa ainda um desejo: “o CCRV pode ter ainda um melhor futuro se todos compreendermos que mais importante do que irmos depressa e divididos é irmos longe e unidos”. “Válega merece! O CCRV merece!”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo