Covid-19

Vamos ter testes à entrada dos restaurantes?

A ministra da saúde, Marta Temido, disse esta quarta-feira que o Ministério que tutela “não interfere” com as decisões tomadas pela “Autoridade de Saúde Nacional”, neste caso a Direcção Geral da Saúde (DGS).

Questionada na Comissão Parlamentar sobre se iriam ser exigidos testes no acesso a restaurantes, ou alteradas as regras no que diz respeito à quarentena para vacinados, a governante começou por explicar que “a DGS está a lidar com fenómeno novo”.

Para a responsável “uma comunicação mais clara é o que norteia” a ação do Governo, no entanto sublinha que “o Ministério da Saúde não irá interferir com Autoridade de Saúde Nacional”.

“O Ministério procura trabalhar com a autoridade mas não faz esse condicionamento”, afirmou Marta Temido em resposta à deputada do CDS, Ana Rita Bessa.

Estes declarações surgem na sequência de uma notícia hoje avançada pelo ‘Observador’, de que o Governo estaria a ponderar aplicar testes à Covid-19, para dar acesso a espaços como restaurantes.

Segundo o jornal, a regra não vai ser necessária para almoços nos dias úteis e apenas deverá ser obrigatória para restaurantes dos concelhos de risco muito elevado.

A ideia, explica, é “permitir que os restaurantes que têm de fechar às 15h30 nos fins de semana, possam estar abertos desde que os clientes apresentem teste negativo à Covid-19”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo