LocalSlider

Veleiro “Greenings” agradece eficiência da Força Aérea

O ferido resgatado ao largo de Ovar é David Hartshorn, capitão do veleiro “Greenings” que se encontrava a participar na Clipper Round the World Race, prova que decorre à volta do mundo para veleiros de competição.

Em virtude da grave lesão do skipper do “Greenings” pediu auxílio à Força Aérea Portuguesa que executou, com êxito, um resgate a 650 km ao largo de Ovar, no oceano Atlântico, já que a grave lesão na mão esquerda de Hartshorn precisava de atenção médica urgente no Hospital de S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, para onde foi transportado.

Desta forma, o “Greenings” desistiu da prova Clipper Round the World Race e dirigiu-se para o Porto.

A equipa do “Greenings” chega ao Porto esta manhã e já contactou com Dave Hartshorn que já se encontra acompanhado da sua esposa Lorraine. A operação de quatro horas ao polegar esquerdo fraturado e parcialmente separado correu muito bem.

O skipper deverá ter alta ainda hoje, embora necessite de outra intervenção quando regressar ao Reino Unido, mostrando-se confiante numa recuperação total, após o tempo de recuperação.

Responsáveis da Clipper Race estão já na cidade do Porto para receber a comitiva do “Greenings” que não tem palavras para expressar a eficiência da operação de resgate executada pelas autoridades portuguesas.

“Gostaríamos muito de agradecer a equipe da Força Aérea Portuguesa que realizou um um excelente e rápido trabalho, à Ambulância de Emergência Médica (AEM) e à equipe médica do Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira, que foram inexcediveis no atendimento, com rapidez e cuidado, para dar a Dave a melhor chance de uma recuperação completa desta grave lesão”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta