EmpresasSlider

Vendas da Bosch Ovar crescem 36% em 2021

As vendas do grupo Bosch em Portugal aumentaram 5% para 1,7 mil milhões de euros no ano fiscal de 2021. Os produtos saídos das unidades do grupo alemão em solo português foram exportados para mais de 50 países e representaram mais de 97% das vendas.

A melhoria dos resultados em 2021 deveu-se, sobretudo, ao crescimento na área de negócios de energia e tecnologia de edifícios, dividida entre Aveiro e Ovar.

Em Ovar, a fábrica de tecnologias de videovigilância, intrusão e comunicação registou mais 36% de vendas face a 2020, depois de ter passado a integrar, igualmente, o departamento de soluções de assistência e bicicletas e às casas inteligentes.

Em 2022, a empresa prevê a contratação de mais de 350 pessoas em Portugal e o investimento de cerca de 100 milhões de euros, segundo o anúncio feito em conferência de imprensa nesta terça-feira, a partir do Porto.

Também está prevista a ampliação das unidades de Ovar – para albergar equipas de investigação e desenvolvimento – e de Aveiro – com um novo edifício para logística e áreas comuns para os trabalhadores.

O grupo alemão está ainda a planear a ampliação das instalações em Braga, com dois novos edifícios para aumentar a capacidade de produção, de tecnologia e de investigação e desenvolvimento (I&D).

“A Bosch tem mostrado uma excelente performance em Portugal nos últimos anos. O grupo acredita em Portugal e no talento dos portugueses, o que nos traz segurança e confiança para o futuro, mesmo numa conjuntura difícil como a atual. Vamos continuar a contratar perfis especializados e a expandir as nossas áreas de produção e escritórios, continuando a fazer da I&D um dos pontos fulcrais das nossas actividades“, destaca o presidente do grupo alemão para a Península Ibérica, Javier González Pareja.

Em 2022, a Bosch espera aumentar as vendas face a 2021.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo