Local

“Vidente de Fátima” nega ter prometido milagres a cliente burlado

[themoneytizer id=”16574-1″]

O homem que se autointitula “vidente de Fátima” disse hoje, no Tribunal de Ovar, que não prometeu nenhum milagre a um cliente que lhe pagou 4.000 euros para resolver um problema de saúde e que diz ter sido enganado.

Carlos Marques, também conhecido como “irmão Carlos Gabriel”, começou hoje a ser julgado por um crime de burla, relacionado com um caso ocorrido em setembro de 2017. (Lusa)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo