CulturaPrimeira Vista

Visionarium pode estar a caminho de Ovar

Estrutura estará de saída do Europarque, em Santa Maria da Feira

O processo de saída do Visionarium do Município de Santa Maria da Feira é praticamente irreversível e o seu destino será, muito provavelmente, Ovar.

O tema tem estado na ordem do dia no concelho feirense, com o vereador do Partido Socialista (PS), Délio Carquejo, a lamentar “a saída do Visionarium do Concelho”, onde se encontra instalado no Europarque enfatizando que está “muito de próximo de se deslocalizar para Ovar”.

Citado pelo jornal Correio da Feira, o autarca questionou o Executivo “laranja”, liderado por Emídio Sousa, se ainda poderia “haver algum volte-face”, até porque, segundo o vereador socialista, Emídio Sousa “garantiu, há dois meses, que aquela sala estaria destinada para esse efeito”.

Pelo que veio agora a público, agora deixa de estar, por divergências relativamente ao espaço e ao próprio valor da renda, que tinha sido alterado pelo Feira Viva, de acordo com aquilo que tinha sido estabelecido entre as duas entidades.

Emídio Sousa explicou que as negociações com a Câmara Municipal não resultaram em entendimento, pelo que, “neste momento, os proprietários podem fazer o que entenderem com o Visionarium. Soubemos que iriam para outro concelho, enfim, também não podemos ter tudo. Se têm uma proposta melhor, acho que devem aceitar”.

O Visionarium

O Visionarium funcionava num edifício próprio do centro de congressos Europarque mas esse espaço encerrou em abril de 2018 e, entretanto, imóvel e respectiva marca ficaram afectos a diferentes entidades: o prédio do ex-museu foi comprado pela empresa de software IT Center, enquanto o nome ‘Visionarium’, os seus equipamentos lúdico-científicos e os direitos de imagem das respectivas produções multimédia foram adquiridos pela sociedade constituída em partes iguais pelo Colégio das Terras de Santa Maria e pela empresa Aventuresca.

Nuno Moutinho é o director do Grupo Escola Global, que detém o referido colégio e outros estabelecimentos de ensino, e revelou a criação da Aventuresca, a Associação Visionarium, que é uma entidade privada sem fins lucrativos, com o objectivo de abrir um novo espaço dedicado à ciência, como antes, acrescentando-lhe o desporto de aventura.

O espaço a criar na Feira ou em Ovar estará aberto ao público em geral, mas deverá funcionar sobretudo mediante marcação, “focando-se no acolhimento de grupos organizados e na realização de actividades com reserva prévia, sejam festas de aniversário, visitas escolares ou actividades desportivas”.

Desconhece-se oficialmente a localização em Ovar, mas há quem aponte a Escola de Artes e Ofícios para o novo Visionarium.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo