PolíticaSlider

Voleibol: Iniciados do Esmoriz revalidam título de campeões nacionais

O Esmoriz Ginásio Clube sagrou-se campeão nacional de iniciados masculinos ao vencer, por 3-1, a formação do Frei Gil VC na final intensamente disputada, este domingo, no pavilhão do Esmoriz, com lotação praticamente esgotada. Com este triunfo o Esmoriz GC alcança o seu segundo título nacional nesta época desportiva, quando ainda faltam disputar mais duas fases finais (infantis masculinos e femininos), no próximo fim-de-semana, em que também entra nas contas.

É o sétimo título nacional que o clube conquista neste escalão, revalidando o obtido na época passada pelos atletas que este ano representaram a formação de cadetes, e que coloca o Esmoriz como o segundo clube português com mais campeonatos de iniciados masculinos ganhos.

A Final 8 disputada em Esmoriz atingiu níveis elevados de competitividade, com, pelo menos, cinco equipas a mostrarem argumentos para se imiscuírem na luta pelo título. O Benfica foi a primeira a ser afastada ao encontrar na jornada inaugural o poderosíssimo Frei Gil VC que, na época passada, se sagrara campeão nacional de infantis.
O Esmoriz que derrotara, a abrir o Leixões, por 3-0, encontrou na meia-final a fortíssima Académica de Espinho, que venceu o primeiro set, mas não resistiu ao bom momento dos comandados de Domingos Paulo que triunfarem nos três sets seguintes, apurando-se para a grande final. O Frei Gil VC conquistou o direito à presença no jogo decisivo ao derrotar a Académica de S. Mamede, por 3-0, mas com parciais muito equilibrados.

Na grande final de domingo, com duas equipas de enorme qualidade, houve espetáculo e emoção, tendo a vitória acabado por sorrir ao Esmoriz que perdeu o primeiro set, por 23-25, depois de ter comandado o marcador quase até ao final, mas ganharia os três seguintes, por 25-14, 26-24 e 25-19. Estava carimbado o título para a formação da Barrinha, que já tinha sido campeã regional, numa partida de grande nível técnico e competitivo e em que as duas equipas se revelaram um exemplo de fair-play e desportivismo.
No jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares, a Académica de S. Mamede derrotou a Académica de Espinho por 3-0, enquanto o Benfica se classificou em quinto lugar ao vencer o Leixões por 3-2. O sétimo lugar foi conquistado pela Ala de Gondomar que derrotou os açorianos da Associação dos Antigos Alunos por 3-1.

“Foi uma final desejada e que premeia o trabalho que o nosso clube vem desenvolvendo na formação. O EGC participa nas 6 finais possíveis e, até ao momento, vence duas (juniores e iniciados) é 3º classificado no escalão de cadetes, 6º no escalão de juvenis e, no próximo fim de semana a nossa equipa de infantis disputará a final do seu escalão na Marinha Grande e aguardemos para ver qual o resultado. Um Clube que tem um resultado desta envergadura está no bom caminho e afigura-se como uma das referências de excelência de formação do voleibol português” sublinhou o treinador e coordenador da formação masculina Prof.Domingos Paulo Sousa.

Para a história ficam os artífices do título nacional de iniciados 2015-2016: David Gomes, Diogo Costa, Diogo Ferreira, Filipe Ramos, Frederico Baptista, Gonçalo Sousa, João Francisco, José Afonso Neves, Manuel Alves, Murat Mutlu, Pedro Cadete, Pedro Teresinho, Pedro Costa e ainda os seus treinadores Prof. Domingos Paulo Sousa e Paulo Silva

(Fonte: Esmoriz Ginásio Clube)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta