Cultura

Zé Maia inaugura exposição de “autómatas & esculturas em papel”

“Mezinha Antivírus” é o titulo da exposição que Zé Maia inaugura no próximo dia 21, na Biblioteca Municipal. Conforme escreve o próprio, no “flyer” de apresentação, trata-se do resultado de um processo iniciado em março de 2020, quando “o Coronavírus mostrou as garras e Ovar se fechou numa cerca sanitária”. Sem as suas ocupações habituais, “as pessoas combatem o vírus como podem, isolando-se e evitando contacto, inclusive com familiares próximos. Como passar o tempo nestas circunstâncias?”

A resposta ao artista”. “Evitando sair de casa, os rabiscos de rua, como um hobby permanente, tiveram que ficar para mais tarde. Optei, então, pelo fabrico/montagem de “autómatas” (mecanismos manobrados manualmente, ou não, completando ações repetitivas, mais ou menos complexas) em papel e madeira”.

Para além disto, continua, “fiz também trabalhos em papel “esculpindo” pássaros de algumas espécies, muitas delas características da região de Ovar”.

Assim, esta “Mezinha Antivírus” permitiu-lhe enfrentar o “contexto perturbador da pandemia duma forma criativa e acabou por se prolongar para além do referido confinamento, resultando numa vasta coleção da qual se
apresentam algumas peças nesta exposição, patente na Biblioteca Municipal de Ovar”.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo