CarnavalSlider

Escultura “Rei Momo e Máscara” não foi roubada

[themoneytizer id=”16574-1″]

A escultura “Rei Momo e Máscara” (2005), que está instalada no Jardim do Cáster, perdeu, recentemente, a perna que segura a máscara.

Chegou a temer-se que a peça, que é parte integrante da escultura da autoria do artista José Rodrigues, tivesse sido roubada, pois não seria a primeira obra de arte pública em metal a ter tal sorte.

Durante o mês de Agosto, a perna que segura a máscara surgiu cada vez mais tombada, levando a crer que estaria a ser preparada a sua remoção por algum “amigo do alheio”.

A verdade é que, tal como sucedeu em 2015, a perna que representa o Carnaval, “tempo de desinibição, momento de extroversão dos nossos sentimentos…”, foi removida para local seguro pelos serviços da Edilidade.

Segundo informação do vereador Alexandre Rosas, “chegou um alerta aos nossos serviços para o perigo que a peça estaria a correr e resolveu-se retirá-la, por precaução, estando a ser ponderada uma fixação mais robusta da perna ao solo, de forma a que não seja fácil arrancá-la”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta