CarnavalSlider

Morreu o escultor José Rodrigues, autor do Monumento ao Carnaval

O escultor e artista plástico José Rodrigues morreu hoje, aos 79 anos, no hospital no Porto onde estava internado há cerca de uma semana, informou fonte da Fundação José Rodrigues.

José Rodrigues foi um dos fundadores da Cooperativa Cultural Árvore, no Porto, e um dos promotores da Bienal de Vila Nova de Cerveira.

Entre outras obras, José Rodrigues é autor do Monumento ao Carnaval, instalado no Jardim do Cáster em Ovar, do cubo da Praça da Ribeira e do Monumento ao Empresário na Avenida da Boavista, ambos no Porto.

O artista plástico realizou os seus estudos Escola Superior de Belas-Artes do Porto, formando-se em escultura.

Em 1968, com os colegas Ângelo de Sousa, Armando Alves e Jorge Pinheiro, que com ele terminaram o curso com a classificação máxima, formou o grupo “Os Quatro Vintes”.

Desde 1964 que expôs individualmente em cidades como o Porto, Amarante, Alfândega da Fé, Vila Nova de Cerveira, Cascais, Tóquio, Paris e Macau.

Além da escultura, dedicou-se e a outras expressões artísticos, tendo feito ilustração para livros de escritores e poetas, como Eugénio de Andrade, Jorge de Sena, Vasco Graça Moura e Albano Martins.

No Porto, José rodrigues adquiriu e recuperou a antiga Fábrica Social, espaço que usava como ateliê e onde instalou a fundação com o seu nome, dotada de salas de exposição e um auditório.

“O início da sua actividade remonta a fevereiro de 2009 e tem, desde então, ocupado um lugar de crescente destaque no panorama cultural e artístico da cidade do Porto”, pode ler-se na página ‘online’ dedicada à Fundação Escultor José Rodrigues.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta