Covid-19

Por favor, protejam-se! – Rosendo Costa

Quem vive do outro lado do mundo, há dois meses no país do epicentro, apercebe-se da dimensão épica do contágio, vê como isso causa medo, desconfiança, pânico, ruptura e instabilidade financeira e social e vive preocupado com a despreocupação em Portugal, com os seus amigos e familiares.

Por favor, protejam-se, não andem a fazer vida de café, de praia, nas esplanadas, em bares, discos, ginásios, piscinas, grandes aglomerados de pessoas, a viajar pela Europa e não andem por zonas turísticas!

Há menos de um mês, Espanha e Itália tinham o mesmo número de infectados e hoje são aos milhares e não não é apenas uma virose – deixem-se de parvoíces como dizer que morrem mais pessoas de cancro ou de influenza porque é um vírus altamente patogénico/contagioso, previamente desconhecido e para o qual ainda não há vacinas nem defesas naturais do organismo!

É grave, sério, morrem pessoas relativamente jovens e sem problemas de saúde e não apenas velhinhos acamados! Os próprios profissionais de saúde ficam assustados com os tacs e as fibroses!

Por vós, pelos vossos familiares, amigos, colegas, conhecidos, desconhecidos e até inimigos, PAREM DE IGNORAR O PROBLEMA E DE AGIR COMO SE FOSSE UM VÍRUS QUALQUER, DA CHINA E QUE NUNCA NADA DE SÉRIO ACONTECE NO RECTÂNGULO PLANTADO À BEIRA-MAR!!

Rosendo Costa
Um vareiro em Pequim

Artigos relacionados

Deixe uma resposta